1. CORRIDA SEXUAL! PEGANDO O TAXISTA COROA


    Encontro: 31/08/2017, Categorias: Gays / Homossexual, Autor: parrudinhocontador, Fonte: ContoErotico

    Olá! Como quem acompanha meus contos já sabe, sou o Sr. Banana, sou um cara normal demais, mas que adoro escrever contos eróticos, e só se for historias reais que trago para a vida virtual. Bom, apresentado, hoje mais uma vez vou falar de umas das várias aventuras de Fernando, um Pernambucano que mora na Zona Norte da capital, Recife e que adoro gordinhos. Outros contos sobre ele você pode ler aqui ou no Blog "Contos de Banana"Um dia Fernando estava na Zona Rural, em Boa Viagem, foi pra um evento e chegando lá recebeu uma boa quantia em dinheiro, como ele não tinha carro, teve que pegar um Taxi, claro, pois no Brasil ninguém anda de ônibus com muito dinheiro. Indo pra parada do Taxi, de longe ele já avistava os tipos que tinha na praça, eram mais ou menos 21h e ele viu um gordinho, cerca de uns 55 anos, baixinho, moreno, todo apertadinho e Fernando disse, esse faz meu tipo, e de longe ele viu que tinha uma fila, que se fosse não iria pegar ele, mas um magrinho, feinho, então ele de longe ficou a esperar, até que chegou a vez do seu sonhado macho gostoso. Fernando então seguiu e pediu o taxi. Pimba! Deu sorte, era realmente a vez dele...COMEÇOU A VIAGEM!Taxista não gosta muito de conversar, como todo mundo já sabe, mas esse quis, só que falava de politica, de violência, das desgraças do Brasil e por ai vai. Fernando só concordava e quando viu que já estavam bem simpatizados começou a falar em sexo, o taxista quis logo falar de mulher, de menina nova, das meninas safadas e ... Fernando, entrou no assunto, menina nova gosta de dinheiro, já viado, viado faz de graça. O taxista, vou chamar de Seu João, disse que nunca tinha feito com viado, mas que respeitava (Que nunca tinha feito todo mundo acredita), mas respeita, mas de vez enquanto ele levava umas cantadas de homens e de mulheres. Nisso Fernando olhava para o corpo de Seu João, era barrigudinho, todo durinho, pernas grossas, levemente calvo e com o famoso bigode pernambucano. Seu João disse que não, que não topava sexo com homem, que não curtia isso da juventude, até que Fernando foi mais explicito pra ele e falou que adorava fazer um boquete. Seu João fez uma cara de surpresa, disse que o respeitava mas que não achava aquilo certo. E Fernando foi falando que viado fazia um boquete muito mais gostoso que qualquer mulher e que Seu João estava perdendo...Quem conhece o Recife, sabe que mesmo a noite, da Zona Sul a Zona Norte, não se faz em 10 minutos, então o papo continuou e eles passaram por algumas ruas quase desertas e Fernando começou a falar: Seu João, o Senhor não sabe o que é bom. Imagina essa hora o Senhor receber um boquete bem gostoso... E o velho, não, de jeito nenhuma, to fora, eu não quero... Mas Fernando era insistente, não parou, pois em nenhum momento Seu João foi grosso.Dica: Se você curti e percebeu que o cara não curte e que ele não quer, não insista, você pode levar uma porrada. Mas esse não foi o caso de Seu João, tava muito educado.Até que numa parte da corversa Seu João ...
«12»