1. Flávia, a mãe de Lúcia deu para mim e para seu genro - A minha estória com Lúcia ( 27° Capítulo )


    Encontro: 11/10/2018, Categorias: Dupla penetração, Anal, ménage, Sogra, Coroa, Grupal, Autor: Lúcia & Jota, Fonte: CasadosContos

    mais vermelho que o normal, logo terminou nesse local e passou a apertar seus seios brincando com eles, chegando a beijá-los, ao que ela consentiu com um grande gostoso sorriso. Flávia agora ja estava feliz com esta nova brincadeira! Dado como terminado esta fase, o genro pediu para que ela se deitasse de bruços, foi aí que ele perguntou se poderia tirar a calça, ficando só de sunga, que revelava o quanto ele estava cheio de tesão, pelo volume dava para ver que estava mesmo. Reiniciada a massagem depois de ter tirado sua saia sem que ela reclamasse, com a sogra deitada de bruços,, Renato passou aos ombros, braços e costas, de uma forma que mostrava que ele sabia do assuntol, afinal a experiência adquirida lá no Rio de Janeiro era bem visível. Ao chegar à linha da cintura, rebaixou um pouco a calcinha para poder acentuar as curvas e, de repente, sem que ela esperasse, com um só movimento arrancou a calcinha, deixando-a totalmente nua, exibindo a sua deliciosa bunda! Flavia ainda ensaiou uma reação, mas a meu pedido permaneceu deitada, e com toda a certeza naquele momento era isto o que ela mais desejava! Ele então passou a deslizar suas mãos pelas nádegas, apertando-as, e a todo o momento descia com os dedos pelo rego, evidentemente tocando o cuzinho dela, que suspirava profundamente, e movimentava elevando-se, como se desejasse que os dedos a penetrassem. Essa parte da massagem foi a mais demorada e prazerosa. Depois de um bom tempo, ele pediu para que ela se voltasse de ... frente, ao que ela atendeu, revelando agora a sua bucetinha depilada, uma delicia! Depois que eu lhe liguei ela ainda fez uma breve depilação para deixar sua buceta como eu realmente gosto... Lisinga. Isso provocou mais um elogio do seu genro, e mexeu com a sua vaidade. Eu naquela hora apenas assistia. Voltou à barriga, descendo as mãos aos poucos, até atingir as virilhas, e dali passou a masturbá-la, provocando um gemido. Como não houve reação, ele se abaixou, passando a chupá-la, ao que ela desesperadamente movimentou-se, arrancando-lhe a sunga e engolindo o pau num fantástico 69! Nessa altura, já estávamos os três pelados, os dois no 69 e eu me punhetando apreciando àquele belo quadro! Foi quando me lembrei de pegar a máquina fotográfica para registrar a inauguração desta nova fase das nossas vidas. Eu Flávia e seu genro. Flavia estava louca, seu genro estava levando ela para um outro mundo, o mundo da luxuria e do prazer. E comigo ali ao lado assistindo mais tesão lhe provocava, pois ela sabia que aquilo era só o inicio. Concerteza bem de seguida iria levar com duas rolas, coisas que sempre fantasiara mas nunca tinha tido opurtunidade de por em pratica essa fantasia. Depois de algum tempo, ela que estava por baixo, empurrou-o para o lado, passando para cima dele, apontou seu cacete na direção de sua buceta e se deixou cair lentamente sobre ele ate o sentir todo dentro de si. Ao fim de pouco rempo já o cavalgava freneticamente. Renato passou a apertar-lhe os peitos, que ...
«1...345...»