1. O Coroa da Picona - parte final


    Encontro: 05/10/2018, Categorias: Fetiches, Aventura, Orgia, Oral, Fantasia, Anal, Heterossexual, Grupal, Autor: Juliana_Porto, Fonte: CasadosContos

    Estou de volta para completar minha estória, na primeira parte, depois de ser fodida pelo Seu Carlos, fui embora de ônibus até onde estava meu carro e retornei para casa, deixando a bicicleta no sítio, onde iria buscar outro dia....para quem sabe me aproveitar novamente daquela rola gostosa. Naquela semana, comentei o caso com minha amiga Vanessa, uma loirinha de 27 anos, pouco seio mas um rabo de parar o trânsito. Ela é bem safada como eu e já aprontamos algumas juntas, ela ficou muito excitada e deu idéia de irmos as duas dar um chá de buceta nesse coroa, eu adorei a idéia...será que ele ia aguentar? No domingo de manhã, compramos uns fardos de cerveja, carne, carvão e fomos para o sítio. Logo que fomos chegando vimos um carro velho perto da casa, tínhamos compania pelo jeito, logo que paramos o carro e descemos apareceu e Seu Carlos e mais um rapaz branco de cabelos pretos e corpo bem definido. -Bom dia Seu Carlos, vim buscar minha bicicleta e trouxe minha amiga e umas coisas para o almoço - eu disse. -Nossa acabei de comentar de vc para o Nelson, meu sobrinho, que surpresa boa... Com certeza ele contou da trepada que tinha dado em uma putinha que apareceu dias atrás...imaginei...rsrsrs. Fomos entrando, logo percebi como o tal sobrinho olhava para nós duas, certamente imaginando a gente sem roupa já. Eu e a Vanessa já haviamos tomado umas cervejas, a carne no fogo e o tesão foi subindo, estávamos no sofá da sala quando a Vanessa achou umas capas de filme pornô enfiadas ... no vão desse sofá, quase escondidas....e falou.... -Ahhhh vcs são bem safadinhos hein. -Pra ficar no mato sem mulher é difícil neh - disse Seu Carlos. -Vanessa, pode ter certeza que o Seu Carlos não faz feio em nenhum filme desse...KKKKKKKK- falei. -Ahhh será? - ela disse. Pedi então para ele mostrar o caçete dele para aquela safada. Ele então põe o pau pra fora ainda mole, mas que já impressionava pela cabeça protuberante, a Vanessa arregalou os olhos....kkkkk...nossa vc disse mesmo que era grande...que cacete... -Seu Carlos, por favor, deixa essa putinha segurar um pouco ele, acho que ela nunca segurou um assim. Foi interessante perceber o cacete do Seu Carlos ir mostrando sinal de vida enquanto se aproximava da Vanessa sentada no sofá. Seu Carlos já tirou a camiseta e bermuda, e Vanessa começou a punhetar a pica, que já começava a soltar o líquido lubrificante, quando havia uma certa quantidade escorrendo, a vagabunda deu uma bela lambida na cabeça da pica e começou uma linda chupeta, era bonito ver como ela engolia aquele caralho. Eu que já estava louca de tesão, olhei para o Nelson, que não dizia nada, mas apertava seu pau, fiz sinal para que ele se aproximasse de mim. Abri a calça dele e qual a minha surpresa, achei um caralho bem apetitoso, curto, mas grosso. Chupei deliciosamente, lambi as bolas, punhetei, esfreguei na minha cara, enquanto isso os dois machos se contorciam sendo sugados por duas putas. -Nelson, experimenta a chupada dessa aqui, que delícia - disse o ...
«12»