1. Viagem Com A Mamãe - Parte 02


    Encontro: 05/10/2018, Categorias: Masturbação, Oral, Bunda, Seios, Oral, Filho, Mãe, Incesto, Heterossexual, Autor: Leonardo H., Fonte: CasadosContos

    Sou o Leonardo e no conto passado, falei de várias rapidinhas que tive que dar com minha mãe durante uma viagem para uma casa de praia no Piauí. Bom, chegamos e eu já fui atrás de possíveis lugares que poderia foder minha mãe, tinha o banheiro, já de praxe, meu quarto que ficava longe do quarto deles, mas de frente pra rua e a janela era enorme, mas não seria problema, afinal, estávamos em outro estado e ninguém sabia do tipo de relação mãe e filho que tínhamos. E a parte de trás da casa, a praia, tinha alguns lugares bons, mas um em especial: umas rochas grandes juntas de dois coqueiros com alguns matos no chão, o local perfeito pra uma foda deliciosa. Mais cedo, quando chegamos, meu pai havia chamado para comer uma pizza numa pizzaria ali perto, concordamos e de noite, depois de passarmos a tarde conversando minha mãe e eu, ele se arrumou e ficou esperando enquanto reclamava “Você dois passaram a tarde conversando besteira e na hora de sair se atrasam. Vocês não tem jeito mesmo em?” ela dentro do banheiro e tomando banho retruca “Pode ir na frente, a pizzaria é aqui perto, vai pegando uma mesa pra parar de reclamar.” Ele concordou, ainda que resmungando e saiu. Quando ouvi o fechar da porta, corri e abri a porta do banheiro, a mulher voluptuosa estava nua, passando sabonete líquido na buceta, enquanto ensaboava a bundona. Ela olha e diz “Achei que ele não ia sair nunca, vem pra mamãe, vem!” e dá um tapa na bunda, deixando respingar espuma para todo lado. Eu entro e deixo a ... porta aberta, vou andando enquanto tiro a toalha, meu pau ainda estava mole. Eu entro debaixo do chuveiro e dou um beijo em sua boca molhada e passo a alisar sua xoxota peluda, enfio um dedo lá dentro e ela da um gritinho, falando “Você não cansa, seu tarado? A gente fez umas safadezas hoje mais cedo e você ainda quer mais? Que filho mais tarado que eu tenho, em?” e ri, eu falo “É que você me deixa louco, sua deliciosa.” E ela responde enquanto passa a mão no meu pau “Isso, me chama de deliciosa, eu adoro quando você me chama assim!”, falo “É porque você é muito deliciosa!!” e vou beijando sua nuca e subindo até sua boca novamente, dando outro beijo de língua. Vou descendo e beijando seu corpo, paro nos seus seios e começo uma mamada, ela segura meu cabelo molhado e fecha a mão, apertando. Sinto o movimento de seu braço para que eu desça e vá para o prato principal. Vou indo mais abaixo, deixando beijos pela sua barriga e umbigo e chego até a virilha, vou beijando seus pelos pubianos e quando chego nos grande lábios, passo a língua, ela aperta mais ainda meu cabelo. Eu saio e me levanto, dando um beijo no seu pescoço e a sinto vibrar quando aperto sua bunda, há essa hora meu cacete já estava totalmente duro, mas não queria penetra-la ainda. Andei até a estante da pia e tirei uma espuma de barbear e uma gillette. Sem minha mãe entender nada eu já peço para se sentar na privada. Ela obedece e eu abro suas pernas, deixando sua xoxota aberta pra mim. Me segurei para não dar uma ...
«1234»