1. O Gostoso e o Nerd - Parte 6


    Encontro: 03/10/2017, Categorias: Punheta, Primeira vez, Teens, Hétero, Virgindade, Virgem, Amor / Romance, Orgasmo, NAmor / Romanceo, Amigos, nerd, Amor / Romance platonico, Traição / Corno, Academia, banheiro, banheirão, Sexo, Gays / Homossexual, Autor: Renatozor, Fonte: CasadosContos

    Gente, desculpa pela demora, mas o dever me chama. Tive que ir lá pra Espírito Santo estudar tartaruga, e tive tempo de escrever só no celular. Agora que to com um computador em mãos, eu consegui me situar melhor. TheOwl - Meus pais nem aceitaram na boa de começo. Eu contei pra eles com 14 anos, quando eu beijei um menino da minha rua antiga, e a gente se chupou e eu acabei gostando, aí eu contei pra eles (não sobre o menino, sobre eu ser gay kkkk). Minha mãe me expulsou de casa, e minha tia me chamou pra morar com ela, e eu fui, chorando e morrendo de vergonha e de medo... Passou três semanas, depois de umas sessões no psicólogo, minha mãe aceitou numa boa. Sharon Martins - O problema é que hoje, como adultos crescidos, vemos que tudo pode ser conversado. Na época, quando eu tinha 16 anos, não era tão simples assim, pra mim. Muita coisa eu resolvia na conversa, sim, mas na questão do amor, era uma coisa nova pra mim, diferente, que me fazia sair da zona de conforto, por isso vinha o medo. Ryuho - Por mim é tranquilo a pessoa se exaltar. Mostra a opinião de forma mais franca e direta... Na adolescência, todos temos essa coisa de ser babaca e de sofrer, ValterSó só ta mostrando isso de forma sincera kkkkkk O resto, muito obrigado pelas opiniões e pelo reforço de me fazer querer escrever mais. Cada opinião pra mim conta lá no ♥. E, caso alguém ainda esteja se perguntando, sim, esse conto é verídico. E, de novo, alguma dúvida ou questão que esteja na curiosidade de vocês, ... comentem que eu respondo no próximo conto. Continuação da 5ª parte... Peguei minha mochila pra tirar os materiais e a roupa que eu levei, mas... Onde tava a minha cueca? - Ai que burro que eu sou, nem levei cueca na mochila... - Falei. - Achei que ele tivesse pego ela escondido de mim, também... E eu to falando sozinho, ai ai... Durante a semana, não teve aula. Teve, mas ninguém foi, então não teve. Pedro conversou com uns amigos dele fora da escola, e eles tavam cogitando começar uma campanha de RPG. Era meu sonho. Pedro também gostava, então fomos todos nos encontrar na casa desse amigo dele, o Rafael, na quarta-feira. Conheci Guilherme, Rafael, Bianca e João. Comigo e com o Pedro, davam 6 pessoas, sendo o Rafa o mestre. Todos eram muito gente boa, e acabei fazendo amizade rápido com eles, que todos nós gostávamos dos mesmos assuntos. Bianca era a única mulher, e ela era muito linda. Nem parecia pertencer àquele mundo de nerd. Mas uma coisa que me chamou atenção foi o tal Guilherme. Ele não era um deus grego, mas ele tinha alguma qualidade que chamava atenção. Não sei o que era, mas ele era carismático, e tinha uma voz muito doce. Eu achei que ele fosse gay, que toda hora ficava olhando pro Pedro. Então, aprendemos a jogar, graças ao Rafael e ao João, que já tinham certa experiência. Porém, no meio da partida, que devo dizer que durou uma madrugada inteira, Guilherme começou a encarar o Pedro. Eu percebi, mas também muitos o encaravam quando chegava vez dele, mas Guilherme ...
«1234...9»