1. A "MUDA" DO MERCADO 3


    Encontro: 01/09/2017, Categorias: Heterossexual, Autor: silva47ssa, Fonte: ContoErotico

    Galera, voltando a continuação da minha amiga Paty “a MUDA do mercado” quem não acompanhou o capitulo veja lá no conto de N° 111501/502 bem depois daquela noite inesperada onde tive a chance de me aproximar dela onde rolou uma química deliciosa, voltei a vê-la no dia seguinte no meu setor de trabalho, ela deu uma passada rápida para falar comigo e já veio com seus olhos brilhando de felicidade, pedir a ela para ter cuidado pois estávamos em horário comercial e toda hora chega cliente, fornecedor ou colaboradores para falar comigo, então ela so me deu um abraço e escreveu no papel em minha mesa, estou amando você e preciso te ter novamente “URGENTE” eu falei que a noite agente conversava na saída do expediente, bem o dia passou normalmente!!! mas na minha hora de almoço no refeitório da empresa, eu notei algumas colegas minhas de tititi... e percebi que tinha algo haver comigo, pois umas dessas colega eu tive um caso de uns 3 anos e agente nunca se separou definitivo, sempre que dava ela me convencia a algum barzinho ou uma cervejinha na casa dela e sempre terminava na cama dela, deduzir que minha “MUDA” tinha dado com a língua nos dentes kkk, a noite esperei ela para leva-la em casa e antes eu a levei a minha sala para conversar mais a vontade, falei que não era legal ela dividir sua vida pessoal com as colegas, ela nem ligou para o que eu estava falando... Resumindo não houve muita conversa... ela queria era gozar em meus carinhos e tive que fazer, pois ela estava muito ...
    carente e sempre carinhosa comigo, eu estava gostando de verdade da minha negona, mais tem um problema que precisava conversar e esclarecer a ela, eu tinha uma família “esposa e 2 filhos menores” e não tinha como oferecer muito a ela, eu estava com medo de faze-la sofrer, ela não estava nem um pouco interessada na minhas preocupações sobre ela, então deixei rolar.. Fechei o portão frontal para não ser surpreendido e voltamos para o sofá que tem na minha sala, ela sentou em meu colo de frente pra mim e começamos a nos morder, beijar, chupar língua e outras sacanagens, como disse antes!!! Ela era muito fogosa e se identificava com meus carinhos, então não demorou muito ela já estava ajoelhada com minha caceta na boca e gemendo muito com uma das Mao siriricando a buceta, ela nem se importou com o fator de esta com a caceta suada do dia de trabalho, assim como também eu não me importava dela esta sem banho naquele momento, levantei ela e a deitei no sofá so de calcinha e comecei a chupar os peitao e fui descendo ate a buceta toda melada, foi só chegar no pinguelo ela já soltou um grito e me prendeu gozando deliciosamente, esperei ela voltar ao normal e sentei no sofá ela sentou no meu colo ainda de calcinha “bem babada” eu já estava so de cueca e ela ficou se esfregado em mim de um jeito que logo já melou minha perna e a cueca também, era gostoso de ver e sentir o tzao daquela mulher de 29 anos com um coroa como eu com 43 na época, logo a segui começou meu tormento pois quando ela ...
«12»