1. Quem tem vovó nunca está sozinho


    Encontro: 27/01/2018, Categorias: Incesto, Autor: putavadia, Fonte: ContoErotico

    Ano passado fui visitar minha vó que não via há uns 10 anos, tinha saido do emprego e resolvi antes de procurar outro emprego passar uns tempos com ela no interior. Quando cheguei ela estava no jardim podando umas plantas, quase não a reconheci pois esperava encontrar uma velhinha com ar bondoso mas me enganei, com 62 anos estava em plena forma, bonita saudável e alegre desde que meu avô morreu ela continuou sozinha mas bem ativa. Quando ela me viu e eu disse "oi vó!" "Oh meu Deus! é voce? bem que voce disse que vinha meu anjo, não estava acreditando!" ela exclamou e correu ao me encontro me beijando e abraçando, entramos e ela não parava de falar.fui tomar banho vesti uma bermuda e fui pra cozinha onde ela fazia café, "ai filho que bom que voce veio passar uns tempos comigo sua mãe não liga pra mim" "liga não vó ela é assim mesmo não liga nem pra mim" respondi "nossa joão voce tá um homem! alto forte voce puxou mais a seu avô que o seu pai! ela disse com um misto de tristeza e alegria em sua voz. Sabe joão, se voce gostar daqui pode até morar comigo eu vou adorar, aqui tem boas escolas muitas meninas quem sabe voce não se casa aqui e piscou" "que nada vó quero saber de casar não quero só esfriar minha cabeça depois tomar meu rumo" "veremos!" ela retrucou sorrindo. Os dias foram passando minha vó me mimando e eu gostando nós íamos as compras,correr no park eu deixava ela na frente só pra apreciar o balanço da bunda dela e a noite batia punheta pensando nela. Certa manhã ...
    levantei fui tomar banho com tesão de mijo e lasquei uma bronha pra ela, não tinha toalha no banheiro eu gritei "vó não tem toalha! "Já vou filho!" ela veio e entrou no banheiro e ela viu a rola meia dura ia falar alguma coisa e desistiu, no café ela brincou " nossa filho como seu pipi cresceu é bem maior que o de seu avô! Dei uma risadinha amarela "deixe de ser tolo joão cansei de dar banho em voce!" terminamos o café fomos correr no parque na volta passamos no mercado e fomos direto pra casa, depois do almoço ela sentou se no sofá e eu deitei pondo a cabeça no seu colo ela acariciava meu cabelo brincava com meus lábios e minha piroca latejava "que colo gostoso vó queria dormir aqui" ela percebeu meu volume e sua mão levemente tremia "sabe joão voce deveria arrumar uma namorada" ela disse com a voz neutra,"pra que vó eu já tenho voce' disse rindo, "eu to falando uma mulher de verdade pra fazer coisa de homem e mulher entendeu? Eu sou sua vó" ela retrucou " e daí vó voce é mulher igual as outras se não for melhor! disse em tom de provocação e segurei sua mão sentei puxei sua mão relutante fiz ela sentir meu cacete duro ela respirou fundo e abriu a bermuda a piroca dura da chapeleta vermelha pulou minha vó abocanhou a rola que quase nao cabia na boca e comecou mamar igual uma puta rampeira, "chupa vovó tá gostoso ai vó que boca gostosa ela desceu do sofá e caprichou na gulosa chupava o mastro babava nas bolas, coloquei ela de 4 na beira do sofá e plantei a mandioca no bucetão por ...
«12»