1. Dando o cu pro chefe na sala dele


    Encontro: 01/09/2017, Categorias: Fantasias, Autor: Anjinha Safada, Fonte: ContoEroticoComBr

    Voltei! Ando com o tempo muito corrido agora que sou mãe,mas sempre tiro uns momentos (ainda que poucos) para ler os relatos de todos aqui (confesso que muitos me deixam muito excitada) e deixar o meu.E dessa vez tenho um que aconteceu na última quinta-feira,já que na sexta foi feriado. Minha licença-maternidade só acaba no dia 11 de dezembro,mas como peguei férias também (uma delas estava vencida e não podia ficar acumulada),só retorno mesmo em janeiro.Mais um tempo com minha pequena em casa,já que o Bruno voltou hoje ao trabalho. Trabalho em uma agência de publicidade há nove anos,desde quando terminei os estudos (me formei técnica em administração em 2009).Meu chefe,o Alexandre,é o dono da agência,e um homem muito simpático.Ele é casado com minha antiga professora de Biologia,a Cibele,há 13 anos.Quando comecei a trabalhar com ele,em maio de 2007,ele já era bonito:moreno-claro,cabelos castanho-claros e olhos cor de mel,além de ser alto (1,85m) e com um belo corpo.E hoje,aos 40 anos,continua mais lindo ainda.As outras secretárias molham as calcinhas por ele.Como sou sua secretária,tenho mais proximidade com ele,afinal passamos quase dez horas por dia,cinco dias por semana,perto dele. Na quinta-feira resolvi fazer uma visita ao pessoal da agência,pois desde quando minha baixinha nasceu não tive tempo de visitar o pessoal.E de quebra,levei a pequena junto,pois todos queriam conhecê-la. Todos me receberam com festa na empresa,e o pessoal ficou encantado com a pequena,tanto que ...
    não queriam deixá-la.Então o jeito foi deixá-la com eles enquanto ia ver o chefe na sala dele. Já cheguei a transar com o Alexandre duas vezes (mas isso é uma outra história,já que foi antes de começar a trabalhar com ele),e até hoje guardo deliciosas lembranças de seu pau grande e grosso,que me fez gozar tanto. Ao entrar na sala,ele estava desocupado. -Olha…Quem é viva sempre aparece!Por onde andava? -Cuidando de um bebê,não dá tempo nem de respirar…E então,chefe?Enlouquecendo muito? -Muito é apelido…Sem você aqui pra colocar tudo em ordem fico a ponto de arrancar os cabelos!Mas senta aí,vamos conversar…Como vão as coisas? Papo vai,papo vem,e ele perguntou quando eu iria vistar a Cibele de novo e levar a baixinha pra conhecê-la. -Em breve,chefe…Quem sabe amanhã,já que é feriado? -E seu marido? -De férias.Campanha eleitoral tem dessas coisas,sabe?Segundo turno acaba com qualquer um… -Olha,até que você está ótima pra quem acabou de ter um bebê…Emagreceu bem,está bem peituda,e esse rabo… Ele tem essa liberdade pra falar comigo (embora alguns possam achar estranho,temos uma boa relação,por isso podemos falar um com o outro assim),e falava claramente do meu rabo.Afinal,o pau dele já passou por ali mesmo… -Sério? -Chega aqui mais perto…Quero ver esse rabinho lindo… Meu vestido não era muito curto (não fazia muito calor,mas também não fazia muito frio),mas dava pra ver um pouco da tatuagem nova que eu tinha feito poucos dias antes (a enorme serpente do outro relato,que vai desde o ...
«123»