1. Feliz Dia dos Pais Vol. 3(Final)


    Encontro: 01/12/2017, Categorias: incestuoso, Anal, Anal, Virgindade, músculos, barba, ursos, Sexo a três, Orgia, pai filho e avô, Pai e Filho, Incesto, Gays / Homossexual, Autor: Pedro, Fonte: CasadosContos

    —Filho? — eu disse assustado. Ele tinha uma cara que eu nunca tinha visto, seus olhos encaravam os meus com uma malícia tão grande, tão verdadeira. —Shhhh pai - ele colocou o dedo na sua boca- Não precisa de drama, não precisa de desculpas - ele veio andando até nós, se corpo grande, andando como um animal selvagem, arrancando a sua cueca, seu pau duro apontando para nós com uma arma, era grande e grosso, realmente ele tinha puxado para mim, ele sorria com uma sensualidade que eu nunca tinha visto, seus olhos brilhavam de desejo. Ele se ajoelhou na cama, mostrando seu corpo para mim e para meu pai, deitando no meio de nós. Primeiro ele beijou meu pai, os dois se engoliram na minha frente, meu menino beijava seu avô com devoção, enfiando a língua na boca do meu velho, enquanto meu pai puxava ele para perto de nós, apertando aquela bunda linda, depois meu filho me encarou. —Vocês realmente acharam que dois brutamontes como vocês poderiam trepar sem me acordar? - ele disse tão safado que eu beijei sua boca na hora, senti a boca gostosa do meu filho, enquanto meu pai chupava o pescoço dele, fazendo ele gemer gostoso dentro da minha boca. Meu pau endureceu novamente, instantaneamente assim como o do meu pai, nós dois agarramos ele, beijando sua boca, ele puxava nós dois, agarrando nossos corpos. —Meu neto- disse meu pai- Eu sabia que você queria isso também! —Não é difícil de saber, vô - ele disse- Como eu posso negar? Com uma família deliciosa dessas? Como? Meu pai riu, ...
    beijando minha boca, eu olhava meu filho assistindo aquele beijo, puxei meu menino. —Meu menino - eu disse beijando sua boca. A gente colocou ele no meio de nós dois, beijando seu corpo forte, mordendo, lambendo, enquanto ele mesmo fazia isso conosco. Nossas mãos apalpando seu corpo, apertando seus músculos, eu sentia seu cheiro, ele gemia pra mim, meu pai beijando seu pescoço, olhando nos meus olhos, mostrando como ele sabia dar prazer ao meu menino. Meu filho pegou meu pau e o pau do meu pai com suas mãos, enquanto beijava a minha boca, socava uma punheta gostosa, arrancando suspiros de nós dois. —Posso chupar, papai? - ele disse olhando nos meus olhos. —Não precisa pedir, meu filho - eu disse acariciando seu rosto. Ele desceu pelos nossos corpos, beijando e lambendo, olhando com uma cara de safado maravilhosa, sorrindo para nós dois. Ele ficou com o rosto no meio das minhas pernas, segurando o pau do seu avô com a mão, lambeu meu saco, com verdadeira adoração. Enfiando um das bolas na sua boca, sugando lentamente, depois lambeu da base até a cabeça que babava pra ele, enfiando com tudo meu pau dentro de sua boca, fechei os olhos, sentindo o calor de sua boca me engolindo. Meu pai me puxou, me abraçando, beijando meu pescoço, meu rosto. —Olha meu filho - ele sussurrou no meu ouvido - Olha para seu menino, olha que lindo que ele fica com seu pau na boca. Abri os olhos, meu filho com a minha rola na boca, inteira na boca dele, seus olhos nos meus, seu rosto pleno de desejo, ele ...
«1234...7»