1. Um caso inesquecível - Real 7


    Encontro: 27/02/2019, Categorias: Traição / Corno, Autor: sempresincero, Fonte: ContoErotico

    Após o último acontecimento eu estava cada vez mais envolvido com ela.Até esse momento não disse seu nome, vou chamá-la de "D".O sexo anal foi maravilhoso, não saia da minha cabeça a sensação de ter um cuzinho macio engolindo meu pau.Foi incrível.Nossa relação estava evoluindo bem, eu mantinha tudo em segredo e a gente transava sempre q possível.Muitas vezes no almoço passava com ela me chupando até o fim...E ela dizia adorar.- adoro sua porra doce... Quero todos os dias, meu amor.Eu estava vivendo uma lua de mel sacana com uma mulher deliciosa e casada.Um dia, ela me ligou no ramal e só disse assim.-precisamos conversar.Pra quem é homem sabe oq essa frase causa.Pensei um milhão de coisas.Ela estava grávida?Queria acabar com tudo?Vai contar pra alguém?Contou pra alguém?Fiquei maluco, exigi q me contasse, mas nada.Disse que mês esperaria no parque para conversarmos.Bom, o dia foi bem pouco produtivo.Fiquei pensando besteira durante todo o expediente.Mas no horário marcado estava lá.Sem cerimônias ela ma chamou em um local mais escuro (já não era mais horário de verão) e me confessou.- Tenho q te falar muitas coisas. E não quero q vc surte.-Diz logo. Tô ficando maluco.- Tá bom, vamos às confissões. Até vc chegar na minha vida eu só tive um único homem. Meu marido.Achei uma revelação interessante e muito lisonjeira, mas sabia que não era só isso, então esperei ela continuar.- E eu amo meu marido.Por essa eu não esperava, afinal ela falava pouco sobre os sentimentos dela por ...
    ele, só as reclamações habituais, sobre rotina e falta de atenção.- Mas eu tb te amo.Fiquei mais tranquilo e continuei ouvindo.- desde o começo, quando começamos a flertar, eu...Eu Fiquei apreensivo aguardando...- Eu sempre contei tudo pra ele.Gelei na hora, fiquei totalmente sem reação.Ela vendo minha cara de pavor continuou.- Ele sempre soube e na verdade...Fez uma pausa.- Sempre incentivou.Tomei um outro soco no estômago.- Como assim? Eu... Eu.. não entendo.Ela respirou fundo e continuou.- há alguns meses, Nós tínhamos essa fantasia de mais um membro na nossa cama. A princípio eu achei q ele queria uma outra mulher. E até não era tá contra, afinal ainda tenho vontade de estar com uma.Eu só ouvia, estático.- mas ele me confessou q queria me ver com outro homem, desde q fosse alguém discreto e de preferência casado, pra não dar conversa.Eu continuava ouvindo.- foi quando vc surgiu. E o resto é história.Eu acordei do meu transe e só falei.- Porra, como assim?Ela deu um sorrisinho conciliador.- Calma, meu bem. Sei oq vc está pensando e como está se sentindo, mas...Não deixei q terminasse.- Sabe? Sabe mesmo?- Sei - disse ela - vc se sente usado e enganado.- exato...- Então, mas eu não esperava me apaixonar por vc, e tudo mudou, sou capaz de qualquer coisa, encaro tudo e qualquer proposta. Sou sua escrava... Nada do que me propor eu vou recusar. Vc é meu dono.- E seu marido?- Eu sou a dona dele. Ele faz tudo por mim.De alguma forma aquilo mexeu comigo.De alguma maneira me conectei ...
«12»