1. MEU IRMÃO CHEGOU E ME PEGOU PELADA


    Encontro: 25/02/2019, Categorias: Com Fotos, Incesto, Autor: coxagrossa, Fonte: ContoEroticoComBr

    Aquele dia, eu estava sozinha em casa e tinha acabado de sair do banho, quando o meu irmão chegou, eu estava completamente nua, dentro do meu quarto, enquanto eu estava abaixada, na gaveta da cômoda, procurando uma calcinha para vestir, nisso o meu irmão abriu a porta e entrou, eu estava de costa para a porta e não percebi, eu só ouvi quando ele falou, que bunda gostosa, eu me assustei e tentei me cobrir com as mãos, como eu sou loirinha, ele era louco para saber, se a minha boceta também tinha pelinhos loiros, ele vivia me perturbando e perguntando, se os pelinhos da minha boceta eram loirinhos, eu sempre disse que sim, mas ele não acreditava e queria ver, com os seus próprios olhos. Nessa hora eu gelei de susto e pedi pra ele sair. mas ele aproximou se de mim e disse maninha do meu coração, eu te amo amor da minha vida, deixa eu ver a sua bucetinha, eu quero saber se ela é loirinha ou se é pretinha igual as outras, eu estava apavorada e com uma mão eu tapava os meus seios e com a outra eu tapava a boceta, com uma carinha de safado, ele começou a me elogiar, dizendo que eu era linda e que o meu rosto parecia uma boneca, que as minhas coxas eram lindas e gostosas, aquelas palavras foram me deixando mais relaxada e excitada, ele começou a puxar a minha, para que eu me liberasse para a sua visão. Eu ainda estava meia confusa e me virei de costa, deixando a minha bunda, completamente nua á sua frente, primeiro ele alisou e apertou a minha bunda, depois ele me abraçou pela ...
    costa e começou a beijar o meu pescoço, ele foi colocando a sua mão por baixo da minha e encaixou as duas mãos nos meus seios, ele já estava com o pau duro, encostado na minha bunda e começou a acaricia os meus seios e apertar os meus mamilos, aquilo me deixou excitada e com as pernas bambas, rapidamente eu me virei de frente pra ele e abracei o seu pescoço, sua boca colou se na minha, sua língua invadiu a minha boca e enrolou se na minha, suas mãos envolveram se na minha bunda e começaram a acaricia-las, seus dedos tocavam no meu cuzinho, me deixando cada vez mais excitada e mais confusa. De repente ele me pegou no colo e me colocou deitada sobre a cama, eu senti que a partir daquele momento, uma das sete maravilhas do mundo, estava totalmente exposta a sua visão, pronta e liberada, para ser penetrada e devorada, por uma bela pica dura e faminta, quando o meu irmão viu, que realmente a minha bucetinha era loirinha, ele ficou paralisado, olhando e admirando, aquela bucetinha de pelos dourados, primeiro ele alisou, acariciou, massageou, beijou e depois começou a chupar, ele chupava a minha boceta e massageava o meu clitóris, com muita delicadeza e carinho, eu estava entregue ao delírio e ao prazer, comecei a rebolar e ele, me fez gozar duas vezes seguidas. Logo após, eu ter dado aquela gozada gostosa em sua boca, ele parou de me chupar, deitou se ao meu lado e falou, vem em cima de mim e coloca essa loirinha gostosa na minha boca, quando eu olhei pra ele e vi aquele pau duro ...
«12»