1. O Cafajeste gostoso- parte 6


    Encontro: 24/02/2019, Categorias: Brigas, Beijo, Amor / Romance, Teens, Gays / Homossexual, Autor: Bryan, Fonte: CasadosContos

    Narrado por Bryan Eu: Ta, quando terminar te ligo-falei caminhando em direção a casa de Anderson enquanto uma mão me puxar meu braço. Gerson: Posso saber quem era aquele!!!- falou com a voz alterada. EU- O Alan o meuantes de falar ele me interrompeu. Gerson- Então é ele que ta te comendo- assim que ele terminou a frase eu dei um tapa na cara dele. Eu: Ele é meu irmão, quem você achar que eu sou!, e quem eu fico ou deixo de ficar não e da sua conta. Gerson: Eu...Eu pensei que.....- interrompi ele. Eu: Você pensou que eu sou essas que você pegar por ai? Gerson: Não...Não, Depois daquele dia eu pensei quefalou se aproximando de mim. EU: Que você ia me comer no banheiro, e virar a sua puta? Gerson: E essa chupada no seu pescoço? EU: Foi você seu cafajeste e agora minha família quase descobriu- uma lagrima desceu no meu rosto quando terminei a frase. Gerson: EU...EU gosto de você- falou tentando me beijar. Eu: PARA!!!!! –disse gritando, Anderson apareceu na porta. Anderson: que gritaria é essa???- olhemos assustado para ele. EU: E nada não. Gerson: Eu estava só pedindo o Bryan para me ajudar com uma atividade. Eu: Pois é, então eu disse que não poderia porque já tinha marcado com você. Anderson: Assim, vamos entrar, vêm Gerson também. Eu: Ele vai responder a atividade dele- falei em um tom irônico. Gerson: Eu faço a noite. Falou sorrindo pra mim. Então, entramos e Anderson disse ia banhar, era pra nos esperar ele, eu fiquei em um sofá e Gerson no outro , assim que Anderson ...
    entrou no banheiro, o cafajeste sentou no meu lado. Portanto, fui sentar na ponta do sofá. Gerson: Porque estar me evitando? Eu: Não estou te evitando. Gerson: Como não!!! Então porque se afastou nesse instante? Disse se aproximando de mim. Eu: E...E porque..... Gerson: E por que? -Falou com uma mão no meu rosto e minha respiração pesada.O cafajeste foi se aproximando me beijando, na mesma hora eu correspondi seu beijo, foi muito intenso, estava perdido em meus pensamentos,ele pegava em meu corpo , me puxou pra seu colo fiquei sentado de frente pra ele, dava para sentir seu pau duro pedra, roçando minha bunda, ele passava ama mão e minha costa e a outra na minha bunda.Meu coração parecia que ia sair do peito, ele foi tentar tirar minha camisa, na hora pulei de seu colo. Eu: Não podemos fazer isso ! Gerson: Porque não, eu quero e você também. EU: Não , qualquer momento o Anderson pode sair do banheiro. Também não sou essas putas que você pegar na rua. Gerson: Quem disse que você é?_ falou me abraçando e depois um selinho. Eu: Para. Gerson: ta mais sabia que você e meu e de mais ninguém. EU: Não sou seu, não sou um objeto. Falei e o Anderson apareceu. Anderson: Bom gente vamos começar . Gerson: Deixar para outro dia, tenho que fazer umas coisas. Anderson: Então ta. Assim que ele saiu, começamos a jogar no inicio o Anderson estava ganhando mais depois eu ganhei todas fiquei zoando, até que começamos luta de brincadeira, ficamos nos rolando no chão, um certo momento eu ai de frente, ...
«12»