1. Amor que machuca


    Encontro: 24/02/2019, Categorias: drama., Amor / Romance, Estupro, Gays / Homossexual, Autor: Lira, Fonte: CasadosContos

    Olá, meu nome é Victor, tenho 16 anos e estou no 2° ano do ensino médio, tenho 1,69 (sou um pouco baixinho), cabelos cacheados, olhos castanho claro, e sou branco (muito branco), essa história que vou contar aconteceu no ano passado, e SIM, ela é real. Era dia 3 de fevereiro, o primeiro dia de aula, eu teria a primeira sensação de como seria estar no ensino médio, era tudo diferente, estudo em uma escola que só tem pessoas com boas condições, meu pai trabalha em um banco e minha mãe também, ambos recebem salários um pouco elevados. Eu entrei na sala como de costume, as turmas da minha escola nunca mudavam, era sempre as mesmas pessoas, mas como no ano anterior, perderam muitos alunos de ano, tiveram que fazer salas mistas, eu entrei e me sentei na carteira da frente, próximo a mesa do professor, quando de repente entrou na sala um professor muito gato (O nome dele era Alexandre), ele tinha 1,85, por aí, era novo mais raspava o cabelo, era moreno e usava um óculos que o deixava muito sexy, eu parei e fiquei perplexo, ele começou a dar a aula, e não teve nada de muito interessante, meu gaydar vibrou com aquele professor (rs), ele tinha me pedido uma caneta, quando entreguei falei. Eu- Dou tudo que o senhor pedir, lindão. Foi um tiro e tanto, e ele correspondeu. Alex- E eu dou tudo o que você precisar (ele falou isso lambendo os lábios o que me causou certa excitação). Estava tudo indo muito bem, quando no último horário ele ...
    me chamou fora da sala para devolver a caneta que tinha pego emprestada, eu sai com ele, ele começou a conversar comigo, ele era incrível. Alex- Sabe, achei você muito bonito, o que acha de sair comigo para estudarmos um pouco? Eu- Acho uma idéia incrível, tenho muitas dúvidas em matemática. Alex- Me passa seu número que eu te chamo no Whatsapp. Eu- Claro, anota aí xxxxxxxx. Dei o número a ele, achando eu que ele não iria mesmo me chamar, quando cheguei em casa, corri para o celular e tinha mesmo uma mensagem dele. Msg- Oi meu anjo Eu- Oi prof Msg- Pode me chamar de Alex, soa melhor Eu- Claro senhor prof Alex. Msg- haha, engraçadinho. Eu- rsrs Msg- Oq acha de vir na minha casa hj? Eu- Onde o senhor mora? Msg- Senhor? Não sou tão velho assim! Eu- Desculpa Msg- Só aceito suas desculpas se vier aqui? Eu- Onde o senhor mora? Ele me passou o endereço, não era mt longe do meu condomínio, combinamos as 15hrs, e na hora marcada eu estava tocando a buzina da casa dele. Alex- Oi anjinho, entra aí (Ele estava com um short daqueles de jogar futebol, que deixava marcado bem o volumão que ele tinha, ele estava sem camisa). Eu- Claro. Fui entrando, ele me convidou para sentar no sofá, eu sentei e ele começou a conversar e alisar a minha perna, eu não era o tipo que saia com professores, mas ele era diferente. (Eai pessoal, tô escrevendo uma das minhas histórias aqui, se vocês gostarem eu termino de contar tudo que aconteceu naquela tarde)
«1»