1. Fogo Cruzado - Capítulo 43


    Encontro: 22/02/2019, Categorias: Chuveiro, Lésbicas, Lésbicas, Gays / Homossexual, Autor: Lollitta, Fonte: CasadosContos

    Capítulo 43 Galera, peço desculpas pelos possíveis erros e tamanho do texto. Vou tentar ir aumentando progressivamente... Boa leitura... Agora sim... Capítulo 43 Adentrei seu quarto e vi que uma luz vinha do banheiro já que a porta dele, estava entreaberta. Não resistindo à tentação, me aproximei e espiei por entre a fresta da porta. Pra minha sorte, no banheiro de seu quarto não havia box. Ela estava tomando banho e pude vislumbrar aquele corpo lindo e vigoroso. Estava quase babando, quando escuto a sua voz, rouca e macia. -Entre. Eu sei que você tá aí. -Disse, deixando claro que havia sentido minha presença. Sem pensar duas vezes, eu abri a porta e fiquei a olhando. Ela estava de costas. Não resisti. Tirei o vestido e os saltos rapidamente e abracei aquela estátua grega a minha frente, necessitando erguer os pés para ainda assim, não nivelar completamente o nosso tamanho. Ela virou-se pra mim e devolveu o abraço, me deixando completamente molhada já que seu corpo se encontrava assim, pela água do chuveiro. Eu poderia passar o resto da minha vida assim. Nós nos entreolhamos e sorrimos, cúmplices. O beijo que se seguiu foi calmo e lento. Eu estava agarrada em seu pescoço e ela apertava minha cintura e escorregava as mãos para o traseiro, vez ou outra. Sua mão escorregou para o meu sexo e o massageou brevemente, sentindo a umidade que não era apenas da água do chuveiro. -Hmmm...-Soltei um gemido contra seus lábios. A sensação da mão quente de Cássia me tocando era deliciosa, ...
    mas dessa vez, não queria que tudo acontecesse tão rápido. Por isso, afastei sua mão sob seus protestos e a empurrei gentilmente até a parede em meio a neblina formada pela água quente que corria do chuveiro. -Ei, garota... -Shiii... -A interrompi, antes que falasse qualquer coisa, colocando meu dedo indicador sobre seus lábios. Depois, enrosquei minhas pernas em sua cintura, me agarrei ainda mais naquele corpo que eu tanto adorava e passei a chupar seu pescoço sofregamente. -Ai, calma... -Sussurrou a minha delegada, no momento em que deixei a primeira marca em seu pescoço. Ela passou os dedos em cima e eu os abocanhei também. Era uma vingança pelo que ela tinha feito comigo na noite em que estive ali. Antes que pudesse lhe dar um segundo chupão, ela me agarrou forte e trocou de posição, me deixando agora contra a parede. -Por que? -Perguntei um tanto brava sobre o motivo dela ter feito aquilo. -Por que eu quero vc assim. -Sorriu marota, me olhando nos olhos. -Mas eu tava... -Foi a vez dela me interromper com um novo beijo. Dessa vez, mais urgente e molhado. -Vem, deixa eu lavar você...-Disse, assim que parou o beijo, me puxando pro chuveiro. -Eu posso fazer isso sozinha. -Sussurrei por cima do ombro, já embaixo do chuveiro, enquanto ela pegava o sabonete no suporte. Cássia ignorou o que eu disse, se aproximando com o sabonete nas mãos. Me abraçou pelas costas e iniciou me ensaboando pelos ombros. -Ah...-Suspirei. Estava cansada, mas o banho estava bom. Ela continuou passando ...
«12»