1. Amor e sexo em familia - Aniversario de Alice


    Encontro: 20/02/2019, Categorias: romantismo., Nudez, Masturbação, Sexo, Aniversario, Amor / Romance, adoleacencia, irmão e irmã, Familia, Incesto, Heterossexual, Autor: Xxx18, Fonte: CasadosContos

    Olá a todos mais uma vez, eu sou Xxx18 e trago o quinto capitulo da serie Amor e sexo em família. Agora sem enrolação vamos ao conto. Continuando... Depois da magnifica punheta que Alice bateu para mim, eu não conseguia tira-la da cabeça. Alice era perfeita, linda, mas acima de tudo me amava, se preocupava comigo, ao ponto de não me deixar na mão depois de nosso amaço, mesmo ela não tendo nenhum prazer sexual com aquilo. Isso até me chateou um pouco, pois comecei a perceber que Alice fazia muito por mim, parecia que se preocupava mais comigo de com ela mesmo. Até o fato de eu ter sujado ela de porra, mesmo que foi só a toalha em suas pernas, mas que ela que iria lava-la, ou seja ela iria lavar a toalha toda suja de porra, sendo que só eu que tive prazer com aquilo. Ela fazia muito os meus mimos, cozinhava minha comida do jeitinho que eu gostava, ate limpava o meu quarto as vezes, mesmo não sendo nenhuma obrigação dela. Até o jeito que ela falava sobre agente ter nossa primeira vez, como se fosse algo que eu esperava, algo que era importante para mim, como ela esperava me dar prazer, e não ter. Até quando ela disse “você não vai querer minha bunda toda vermelha quando eu for te dar”, poxa até nisso ela pensava, como se eu fosse me importar com isso, eu só queria ela, ela era importante para mim. Isso me chateou um pouco, eu queria fazer mais por ela, e só pensava em como. O aniversario de Alice seria naquela semana, no sábado, e eu queria dar um presente para ela, não ...
    seria um presentinho de 50 reais como eu sempre dava, aquele ano ela era minha namorada, merecia mais, por que ela era muito especial. Eu tinha algum dinheiro guardado da minha pensão que o meu pai me dava, mais mesmo assim ele me liga e diz que não ia poder ir ao aniversario, pois ele morava em outro estado, e não ia conseguir vir aquele fim de semana, então me diz para ir até a casa da minha avó paterna e pedir a ela o presente da Ali, ele já tinha conversado com a própria mãe e era só eu ir lá pegar, e que era para dar de presente para ela em nome de nos dois e de toda a família dele. Fiquei curioso, não sabia oque era, mas pelo tom de voz dele parecia algo importante. Então na quarta feira fui até a casa da minha avo que fica do outro lado da cidade, chegando la fui recepcionado por ela, uma senhora de quase 70 anos, muito bem humorada: - Oi vó, a benção? Ela encosta a mão na minha cabeça e me da um selinho na bochecha e diz: - Deus te abençoe Alexandre, já faz uns meses que não te vejo. A minha casa é tão longe assim? - Desculpa vó, é que esses últimos meses foram corridos. Ela me pede para sentar-se na poltrona da sala e me ofereci algo para comer, eu recuso. Então ela fala: - Como vai a sua mãe e a Alice? - Vão bem, minha mãe mandou lembranças e pediu se a senhora não vai querer mesmo ir a festa. - Infelizmente eu já estou um tanto velha, e minhas costas só pioram, depois daquela cirurgia a dois anos perece que fiquei toda travada. Sua mãe ate me ligou a dois dias e se ...
«1234...»