1. Praticamente estuprada por um velho num corredor escuro e umido


    Encontro: 19/02/2019, Categorias: me pegou com força e meteu sem dó, mais de 70 anos, ele bem velho, Tive uma das experiencias mais estranhas da vida pois acabei transando com um Amigos da familia, Heterossexual, Autor: Bruna.brazil, Fonte: CasadosContos

    Neste domingo estava em casa e minha mãe avisou que um amigo de familia iria visita-la e pediu para eu passar lá e reve-lo. Pra mim não tinha muito sentido pois eu era pequena quando ele frequentava minha casa mas para agradar minha mãe resolvi ir. Cheguei na hora do almoço, pra variar fui de legging preta que deixa meus quadris bem largos e minha bunda bem avantajada, apesar de ser um almoço de família fui assim pois depois eu queria sair e vai que eu encontre algum gostosinho para uma sexo basico descompromissado. Cheguei e estava apenas minha mãe e ele, um senhor bem de idade, cabelo branco, mas aqueles velhos fortes, ele me pediu dos pés a cabeça eu pensei na hora que velho safado, e fui cumprimenta-lo, ele me abraçou me agarrando com força e praticamente esfregou seu membro nas minhas coxas, era um volume grande, achei estranho mas fiquei levemente curiosa. Fiquei de pé ao lado dele, minha mãe finalizava o almoço no fogão, estava de costas para nós, e percebia que ele se ajeitava no meio das calças, dei aquela ajeitada na legging, aquela puxada sem dó para matar o velho do coração, depois sentei e fiquei conversando com eles, e voces, aqueles papos de velho voce se lembra disso, daquilo, daquilo outro. Eu mais ria do que falava, toda vez que me levantava ele me olhava, mas fiquei na minha. Numa das recordações ele contou que dançávamos bolero quando eu era pequena, nessa hora me lembrei e falei que lembrava, e que agora entendi porque eu sabia dançar essas coisas, não ...
    tive duvida, coloquei um boleto no celular e chamei ele para uns passos, minha mãe ria fazendo comida, mas o velho safado colou em mim, e juro que senti seu membro endurecendo. Como assim um velho mais velho que minha mãe ficar com o pau duro desse jeito. Exalava um calor imenso e entre um passo e outro ele esfregava seu volume na parte de frente da minha calça, pressionando minha bucetinha, aquele velho estava me deixando excitada. Ao final da dança dei aquele deixada de braço e minha mão deslizou por cima de seu volume, de fato era seu penis, que estava duro e era bem volumoso, sorte que minha mãe não se virou pois dava para ver claramente que ele estava de pau duro. Depois disso sai da cozinha, fui pra sala, So retornei quando o almoco ficou pronto. Almocamos e o papo era o mesmo, mas agora eu já não podia olhar para aquele velho com inocencia, será que alguem daquele idade consegue transar? Fiquei na minha e nos meus pensamentos. Mandei whats pra uma amiga contando que estava excitada e curiosa por um vovô, ela me encorajou disse para eu ir em frente e contar depois como foi. Acabamos o almoco e fomos para a sala, ele se sentou no sofa de dois lugares, eu tirei meu tenis e meia e deitdei no outro sofa de barriga pra baixo com a bunda virada pra ele, minha mae ficou na cozinha arrumando e passando um cafe, eu estava ali meio sonolenta, olhando pra tv e curiosa com o que o velho faria. Dali do sofa ele falava com minha mae mas eu podia ver que ele olhava para minha bundona e ...
«123»