1. A modelo de lingerie casada!


    Encontro: 11/02/2019, Categorias: Heterossexual, Autor: lisboasex69, Fonte: ContoErotico

    Andava a vaguear pela net, quando dei de caras com a Tânia.Tinha 32 anos, casada mas já separada do marido, com dois filhos e modelo fotográfico de lingerie. Quando ela me disse a profissão fiquei logo cheio de vontade de a conhecer e pedi-lhe uma fotografia. Enviou-me um com um body vermelho, bastante atraente. Ela tinha cabelo curto castanho, olhos verdes e um corpinho de cortar a respiração.Trocamos de números de telefone e durante todo o dia enviamos imensos sms´s mas para minha frustração o sexo nunca veio à baila.Estava eu descansado à noite quando recebo um sms da Tânia, bastante provocante e que tenho quase a certeza que o destinatário era outra pessoa.Fiz-me de ignorante e tentei marcar um encontro com ela. Tinha disponibilidade no dia seguinte à hora de almoço. Respondi-lhe que não havia problema que seria uma óptima sobremesa.- " E se não existir química? " - pergunta-me ela.- " Bebemos um café e ficamos amigos! " - respondi-lhe eu sabendo que ela não me ia escapar.No dia seguinte comuniquei no emprego que iria ter um almoço de negócios e que iria chegar mais tarde.Dirigi-me ao centro comercial combinado e no café onde era o local de encontro lá estava ela, vestida com um género de fato macaco muito fino, colado ao corpo e sem soutien o que me deixou cheio de tesão.- " Queres almoçar ou vamos já para a sobremesa? " - disse-lhe eu sem ela esperar.- " Vamos já para a sobremesa. " - respondeu-me ela depois de fixar o olhar em mim por breves segundos.Levantou-se, ...
    dirigímo-nos para o carro e em poucos segundos estávamos em minha casa.Assim que entrei, não querendo perder tempo, comecei a beijar o pescoço de tão tentadora mulher. Passei rapidamente aos lábios enquanto ia deixando a descoberto os pequenos seios da Tânia.Levei-a para o quarto e ela despiu-se numa fracção de segundos e fez a minha roupa voar pelo quarto.Ela tinha a cona depilada e a pele estava macia como de uma virgem. Não resisti e fiz-lhe um minete demorado. Deve ter sido dos minetes que me deu mais prazer saborear em que dei o melhor de mim e que apliquei todas as técnicas que sabia.Depois de a ver em alta rotação, ofereci-lhe o meu caralho e que ela mamou com bastante vontade e empenho.Como o tempo não era muito, deitei-a, abri-lhe as pernas e enterrei o meu caralho até aos colhões.Comi aquela cona com uma vontade como não tinha à muito tempo. Dei-lhe forte e sempre a bom ritmo enquanto ela murmurava ao ouvido palavras de prazer.Tentando aproveitar ao máximo aquela fantástica foda, metia de quatro e comi-a cheio de tesão a um ritmo forte enquanto ia-lhe dando umas palmadas naquelas nádegas firmes."- Agora é a minha vez de te foder " - dizendo isso salta para cima de mim e começa a cavalgar.Sabia que com ela a trabalhar daquela maneira não iria resistir muito mais tempo sem ter um orgasmo.Enquanto ela domina a situação, foco-me nos tentadores mamilos e chupo-os, mordisco-os até que tenho uma explosão titânica dentro da Tânia.Como o tempo era escasso, vestimo-nos e ...
«12»