1. Erika, ninfeta arrogante I


    Encontro: 10/02/2019, Categorias: sodomia adultério, Heterossexual, Autor: Helga Shagger, Fonte: CasadosContos

    salão da cafeteria. Téo a olha de soslaio e nota que embora o cabelo esteja arrumado e os lábios pintados com batom, em volta da boca e o queixo tinham uma coloração rosada mais forte. Erika, disfarçadamente, se dirige para o fundo do prédio. Zelda assina a encomenda e percebe o olhar do filho. Ela caminha até ele abrindo o envelope. Passando uma mão pela cabeça do filho, ela se inclina e lhe dá um beijo carinhoso. Téo enrubesce, não sabendo o porquê. Joel não percebeu de primeiro, só quando se virou, depois de fechar a porta, é que viu Erika encostada na parede em frente e de braços cruzados. Ele ficou estático por alguns segundos e tentou seguir adiante depois sem dizer nada, mas sabendo que Erika deveria saber entre ele e sua mãezinha. - Seu cretino, filho da puta! Desvirtuando minha mãe! Me dê carona até o colégio. Quero falar seriamente com voce! Joel estava acostumando a lidar com pressões, mas dessa vez ele teve que usar de toda a sua frieza para não deixar que Zelda soubesse que Erika tinha descoberto sobre eles dois. Ele sentou-se numa mesinha e como de costume pediu um expresso. Ficou na expectativa o quê Erika iria fazer. - Mãe, será que o sr. Joel poderia me dar uma carona? Tô meio que atrasada! - Não acho prudente. Afinal ele é só um cliente aquicliente muito frequente, por sinal! Peça a ele, por favor! Já no carro, Erika se volta pra Joel e começa toda ladainha moralista. - Olha aqui mocinha! Sei que voce sabe sobre mim e tua mãe, mas não vou aceitar teus ...
    insultos, ok?! Diz logo o que voce vai querer! - Voce adivinhou bem! Eu vou querer algo sim! Primeiro faça um documento passando a cafeteria inteira pro meu pai e não como vocês se acertaram lá no banco na ausência dele. Está curioso como sei disso? Pois bem, minha mãe me treinou para organizar os documentos e tem sido eu quem tem tratado com o fiscal da receita desde então... - Seu pai não foi passado pra trás. Ele simplesmente disse que concordava com tudo, só não queria permanecer nas conversações. - Ele sabia que a transação é pra lavar dinheiro? Acho que não! - Não é nenhuma lavagem de... Joel não conclue porque Erika lhe faz um sinal que vai atender o celular. - “Sim? O que houve? Não vai ter aulas dele então!? Em seguida, Joel espera ela fazer uma ligação. - Olha, eu quero te ver. Não vai ter mais aulas porque o professor se acidentou... e daí? Arrange um jeito, querida!... O quê? Nada disso! Já tive que cabular aula por tua causa, se lembra? Agora é sua vez, mulher!! Não quero saber! Estou indo pro colégio e me pega lá! Um beijo, tchau! Joel fingiu que não prestou atenção na conversa e sentiu o olhar de Erika tentando adivinhar se ele concluiu algo da conversa dela. - Poi bem! Voce faz isso que estou querendo ou vou armar o maior escândalo e a receita federal vai saber... - Mas aí voce estará arruinando também teu pai e tua mãe! - Meu pai já não tem nada. Já dona Zelda sim. Portanto faça o que estou mandando e suma da vida de minha mãe, velho escroto! - Não precisa ...
«123»