1. DE MACHÃO A GATINHA VI, ENFIM MULHER


    Encontro: 10/02/2019, Categorias: Lésbicas, feminização, Inversão, Gays / Homossexual, Autor: gatinha, Fonte: CasadosContos

    Oi pessoal, depois de muito tempo estou de volta para continuar minha transformação Acordei umas duas horas depois com o cuzinho ardendo, mas satisfeita e realizada, pois tinha experimentado pela primeira vez um pau de carne e tinha amado. o Marcel tomava um banho e logo veio até a mim totalmente nu com aquela maravilha totalmente exposta e já meio dura, corri até ele e dei um longo beijo em seus lábios deliciosos, depois fui descendo pelo seu corpo até chegar no seu pau que abocanhei chupando com gosto até começar a pulsar em minha boca e o Marcel, pedir para que eu parasse pois ele não queria gozar ainda. Em seguida me levou ao banheiro e me deu um banho com muito carinho, e capricho especialmente com o meu cu, que ele passava sabonete, enxaguava e depois beijava enfiando ponta da língua me fazendo gemer de tesão. Voltamos para a cama e o meu homem começou a chupar seus peitinhos que até pareciam que cresciam em sua boca, depois foi descendo até chegar no meu pau que parecia um grelo avantajado, começando a lamber e a morder levemente, fui à loucura de tesão e pedi que ele chupasse minha bucetinha que já era visível e estava muito lubrificada. Louca de tesão, mesmo sabendo que minha buceta não estava totalmente desenvolvida pedi que o Marcel me fizesse mulher e tirasse meu cabacinho, ele no auge do tesão veio ...
    por cima de mim encostando a cabeça do pau na entradinha e foi forçando, não entrava de jeito nenhum, mas ele continuava a forçar, até que a cabeça começou a entrar e eu dei um grande grito de dor.; o Marcel parou e tentou tirar o pau mas eu pedi que ele não tivesse pena de mim e consumasse a penetração. Ele totalmente desenfreado empurrou com tudo e senti meu corpo de partir ao meio, dei um berro de dor, Marcel parou e esperou até eu me acostumar e aos poucos a dor foi passando e pedi que ele enterrasse todo o pau na minha buceta: --Vai mete tudooooooo, quero que você me faça uma mulher completaaaaaaaa. Ele foi forçando até que senti seu saco bater na minha bunda e seu pau estar todo enterrado em mim, ele começou a mexer devagar e foi aumentando o ritmo me fazendo gozar muito e ele também gozava me enchendo a buceta virgem de porra, aos poucos seu pau foi se acalmando até sais totalmente da minha buceta, ao olhar vi que saia um pouco de sangue junto com a porra que voltava. O Marcel muito carinhoso me beijou agradecendo pelo prazer que estava proporcionando a ele. Depois desse dia fui morar com o Marcel e minha esposa vivou amante do amigo dele. Hoje três anos depois meu corpo está totalmente transformado e sou uma mulher completa, eu e o Marcel continuamos juntos e nos amamos muito, pensamos até em adotar um bebê.
«1»