1. o ex-chefe do meu marido me enganou.


    Encontro: 08/02/2019, Categorias: cunilingus., Anal, Traição / Corno, Heterossexual, Autor: may, Fonte: CasadosContos

    Meu nome e Selma têm hoje 43 anos, mas a historia que vou contar aconteceu quando tinha dezessete anos. Não sou nenhuma deusa da beleza, mas tenho meus atributos, um deles é ter uma bunda desproporcional ao meu tamanho e peso. Bem, vou me apresentar como se na época do ocorrido estivesse. Na época eu tinha 50 kg, 1,50m de altura, não lembro a cintura, mas era fina e isso salientava ainda mais minha bunda que de tão arrebitada parecia que estava usando salto bem alto. E meus seios eram grandes e fartos porem bem empinados, às vezes parecia que era de propósito que eu fazia essas coisas, mas era natural. Bem me casei muito cedo aos quatorze anos já era dona de casa meu companheiro na época tinha 19 anos, recém saído do quartel cheio de vigor com todo aquele gás que ate hoje mantém pelo menos o apetite sexual. Ele arrumou um trabalho como agente de portaria em um condomínio bem perto de casa, o chefe dele era um cara muito desrespeitador vivia o tempo todo xavecando as funcionarias e algumas esposas de funcionários, meu marido contava varias historias da falta de respeito do homem até com algumas pessoas do próprio condomínio, pois como ele já tinha sido policial conhecia os podres de muita gente ali. Bem vamos aos fatos não sei o porquê (depois fiquei sabendo), marido foi mandado embora do serviço pegou sua indenização e viajou para outra cidade, como eu não quis ir com ele, me deixou um dinheiro. Quando estava no condomínio o chefe dele sempre parava pra conversar então já ...
    sabia onde morávamos. Mais ou menos três dias depois que meu marido viajou Erly (esse era o nome do cara) apareceu em casa dizendo que meu marido tinha deixado um dinheiro para ele me entregar e então começamos a conversar ele me deu o dinheiro e disse esse teu marido parece que é doido deixa uma mulher gostosa sozinha em casa e some então perguntei a ele se podia dar o trabalho de volta para meu marido ele me olhou de cima a baixo e disse, isso depende de você. se você quiser mesmo que eu recontrate ele é só falar, sem mas intenções eu disse que sim então ele falou, você tem certeza? Falei claro. Então nesse momento Erly pediu que entrássemos em casa, ao entrarmos ele foi logo me agarrando e meio que assustada esbocei uma reação e ele logo disse quer ou não o emprego do teu marido de volta cedi ao apetite daquele homem nojento como se eu fosse apenas um pedaço de carne ele me pegou na sala mesmo e começou a chupar meus seios me elogiar dizendo que eu era lida, gostosa que se fosse dele ele me trataria como uma princesa. Sua pressa era tanta que arrancou minha saia com calcinha e tudo, e mpurrou-me sobre o sofá e foi logo tirando o pau pra fora, nessa hora me toque que no terreno haviam duas casa a minha e da minha cunhada que vez ou outra vinha conversar comigo. Então pedi a Erly que esperasse um pouco e que fosse para o quarto, pois ia fechar a porta. Ciente do poderia acontecer se minha cunhada visse algo fechei a porta e liguei o som não muito alto, então fui para o quarto ...
«123»