1. Trai por não suportar abstinência.


    Encontro: 08/02/2019, Categorias: anal safada gostosa, sexo tesão Traição / Corno, Heterossexual, Autor: Docecomomel(Ihgata), Fonte: CasadosContos

    Olá meu nome é Alberto tenho 40 anos sou casado e até pouco tempo vivia bem com minha esposa e nunca havia á traído desde que casamos. Mas minha esposa começou a frequentar uma igreja e isto mudou bruscamente nossa intimidade. Conversamos que isto nada tinha a ver com nossa intimidade sexual que sempre foi muito boa. Não adiantou nada eu reclamar e exigir que voltássemos a ser aquele casal fogoso que de tudo fazia na cama, agora ela só fazia o tradicional papai e mamãe. Mas Renata isto não está certo eu falei. -Mas Alberto você tem que compreender que o pastor foi bem claro falando nas aberrações que a maioria dos casais fazem, sexo é para procriar então contente-se Alberto. -Está bem Renata eu entendo não vou exigir que você faça o que não aceita, mas também não me exija que eu seja celibatário, pois ainda tenho muito fogo e pau para queimar. -Renata me abraçou e falou compreendo meu amor só quero respeito, se você sair com outra mulher seja discreto e continuaremos felizes como sempre fomos, me dê um tempo por favor! Tudo bem Renata agora as sextas-feiras eu vou sair com os amigos da empresa apenas para relaxar em algum bar da cidade. Ela concordou pois enquanto eu ia para o bar farrear ela ia para igreja orar com as irmãs. Nada contra isto de minha parte apenas não satisfeito com o rumo que tomou nossas vidas. -E assim eu comecei a sair com os amigos da empresa íamos a bares tomava todas e vez ou outra a farra acabava em algum motel. Sempre conseguia alguma mulher para ...
    passar alguns momentos e o sexo livre e solto era bem aproveitado por ambos. Mas entrou uma moça na empresa para estagiar. Logo m interessei por ela adoro mulher de bunda grande e Rosa tinha umas ancas enormes empinada que passou a ser cobiçada por todos da empresa, ela não dava bola a ninguém. Foi assim que todos do escritório saiu na sexta –feira para comemorar o aniversário de um colega. Todos conversavam trocava gentilezas e tal ai o tempo foi passando e aos poucos quase todos iam embora. A estagiária havia bebido um pouco estava mais conversadeira com todos ai foi perguntado quem iria dá carona a ela, como morava mais ou menos perto de mim então eu fui o escolhido para deixar a linda moça em casa. É claro que atrapalhou meus planos que tinha intenção de sair à caça de alguma mulher para aliviar as tensões da semana e nada melhor do que com muito sexo. Mas já nada podia fazer, saímos a colega entrou no meu carro sentou e ficou largada as pernas descobertas dava para ver as coxas linda que ela tinha. A saia mostrava quase tudo e ainda deu para imaginar como deve ser gostosa na cama. E assim fui conversando com ela, que respondia em monossílabas, ai me perguntou se eu era casado e se vivia bem com minha esposa. Passei a relatar o drama que estava vivendo os 2 últimos anos de casado, ela lamentou e falou que tem mulheres que não compreendem que o sexo sustenta a relação do casal. Ai eu perguntei como era a vida dela? Ela demorou um pouco a responder mas depois começou a falar ...
«1234»