1. A viagem com as duas gatas – O Início – Relançamento Cialis


    Encontro: 02/02/2019, Categorias: Grupal, Autor: mktmktmkt, Fonte: ContoEroticoComBr

    (conto intencionalmente escrito em 3ª pessoa) A tarde caia na Av. Paulista, trazendo junto com a noite a habitual multidão de gente apressada rumo às suas casas. No café, Patrícia e Amanda conversavam sobre amenidades, fazendo hora até que o noivo da Amanda chegasse, junto com a hora da Patrícia seguir para a Faculdade. – “Caramba, essa semana não acaba nunca.”, reclamava Patrícia. – “É sempre assim, quando marcamos alguma coisa para o final de semana… A semana se arrasta até a sexta-feira.” – “Então, por falar nisso… Eu ainda estou meio encanada com essa história de viajar junto com você e o Marcos. Sei lá, é meio chato…” – “Ah, lá vem você de novo com essa história!” – “Vou ficar de vela entre vocês, Amanda… não tem nada a ver.” – “Para com isso, Paty. Já falei que não tem essa… Você é minha amiga, e o Marcos é super de boa. Não tem stress. Vamos curtir muito, você vai ver.” A verdade é que a Patrícia estava realmente muito pouco a vontade com a história da viagem. O destino era uma cidade do interior de São Paulo onde ocorreria uma festa regional. Haviam planejado a viagem semanas atrás, mas uma série de imprevistos acabara por esvaziar o grupo original, sobrando apenas os três. Amanda era uma garota loira, no esplendor dos seus 24 anos, completamente ativa e desinibida. Loira, cabelos na altura dos ombros, cerca de 1,68m por onde se distribuíam seus 58 kilos, formando um atraente conjunto. Seus seios não eram volumosos, ainda que no tamanho certo, e ela era dona de ...
    coxas roliças que sempre atiçavam as mentes de seus colegas de trabalho, assim como sua bunda redonda e firme. O namorado de Amanda se chamava Marcos, era um rapaz normal em termos de aparência, sendo seu principal atrativo a simpatia e a constante alegria. Se por um lado ele não arrebatava corações por sua beleza, o fazia com seu olhar, absolutamente penetrante e instigante. Já Patrícia fazia o estilo ninfeta. Com seus 19 anos, a beira de completar seu vigésimo aniversário, era morena, tinha os cabelos lisos na altura dos ombros, e um corpo que enganava muito, parecendo a primeira vista excessivamente magra. Um olhar mais cuidadoso entretanto mostrava suas curvas tentadoras. Dona de praticamente nenhuma barriga, o que explicava a impressão de magreza, suas coxas roliças sempre apertadas em calças super-justas eram encimadas por uma deliciosa bundinha empinada. Seus seios eram mais para pequenos, porém pareciam sempre empinados e prontos para a batalha que se apresentasse. No café, a conversa continuava: – “Sei lá, vocês não vão ficar a vontade comigo.”, argumentava a Patrícia. – “Esse lance de dormirmos juntos no caminho, na sexta-feira…” – “É para economizarmos grana, sua boba… Não tem sentido alugarmos um quarto a mais só para você ficar sozinha.” – “Ah, sei lá… é estranho.” – “Pára com isso… Se você quiser eu empresto o Marcos um pouquinho para você. Só não pode arrancar pedaço.”, brincou a Amanda. – “Pára, sua boba.”, retrucou uma Patrícia pouco a vontade com a liberdade da ...
«1234...13»