1. Camareira no 1001 Noites Taguatinga DF


    Encontro: 11/01/2019, Categorias: Fantasias, Autor: Sergio Ferreira, Fonte: ContoEroticoComBr

    Olá, meu nome é Sergio e este é meu primeiro conto. Vou descrever aqui um fato ocorrido em um hotel do DF, mais precisamente em Taguatinga DF. Que loucura!!! Certa noite saí para a balada com uma prima minha e bebemos muitas tequilas, ficamos loucos e como a gente já se pegava, decidimos ir dormir no hotel 1001 Noites de Taguatinga DF. Ao chegar lá fui logo colocando num canal pornô, para ir dando uma aquecida, e ela logo ficou bem a vontade. Ela tem um rabo enorme e cintura fininha que deixava qualquer um louco, logo coloquei ela de frente para o espelho onde ela ficava com meu pau na boca, subindo e descendo enquanto eu observava a enorme bunda dela. Devido ela já está bebada, logo gozei na boca dela, ela foi no banheiro e acabou deitando e dormindo, mas eu não estava satisfeito. Ainda estava louco de tesão, com o pau muito duro. E ainda assistindo aquele canal pornô, aí que fiquei mais louco ainda. Neste hotel, o serviço de quarto é oferecido direto na porta, não tem aquelas baias ou espaço que em alguns moteis tem, onde vc não vê ninguem. Foi aí que tive uma ideia. Eu louco por fantasias e fetiches, cheio de coragem devido a bebida que tinha tomado, comecei a pedir bebidas, e a cada vez que alguem ía lá me servir, eu abria a porta completamente nú, e com o pau bem ereto afim de mostrar. Todas as vezes uma senhora de uns 40 anos, gordinha, morena clara aparecia para servir e fixava os olhos no meu pau, ela passava a lingua nos lábios e mordia devagar. Logo ví que ela ... estava louca pelo meu pau. A cada minuto que passava depois que percebi ela querendo, não parava de pensar em como eu iria colocar aquela mulher para dentro da suite. Estava querendo muito comer aquela mulher só pela fantasia. Foi quando tive uma idéia… Eu pedi uma bebida e quando ela chegou, eu disse “Pode entrar”… não pensei que ela fosse entrar, mas ela abriu a porta e ficou meio timida parada na porta, foi quando eu deitado com minha prima capotada de tanta tequila, disse para ela que colocasse a bebida na mesa para mim, ela se direcionou a mesa e foi quando eu levantei dizendo que iria dar uma gorgeta para ela. Ela ficou abismada, viu que eu estava com muito tesão devido meu pau está muito duro e latejando. Quando fui entregar a bebida para ela fui logo encoxando, ela ficou um pouco espantada, mas não recuou, foi quando comecei a acariciar mais forte. Ela pergutou da minha mulher (minha prima), e eu disse que ela não acordaria, então comecei a passar a mão nela toda e tirei a roupa dela, coloquei ela de quatro e enfiei todinho na buceta dela que já estava completamente molhada. Ela soutou um gritinho de quem estava gostando e eu fiquei mais excitado ainda, e aumentei a força e a velocidade. Gozei e melei aquela buceta todinha de porra. Ela logo se vestiu e eu dei para ela 50 reais. Ela saiu sem dizer nada, estava apenas com uma carinha de medo de ser pega por alguem e por estar naquela situação. Eu com aquele sorrizinho safado no rosto apenas disse que ela era muito gostosa e ...
«12»