1. Ela agora começou ( Autor: rafamax )


    Encontro: 11/01/2019, Categorias: Traição / Corno, Autor: gostosaooo_, Fonte: ContoEroticoComBr

    Pra quem não nos conhece, sou casado tenho 30 anos, tenho uma ótima condição financeira e minha esposa tem 25 anos é loira, tem 1,66 m de altura, pesa seus 59 kg. Seu busto tem 96 cm, e sua cinturinha tem 64 cm. A melhor parte tem 107 cm de quadris e suas coxas tem 60cm. Seus cabelos loiros um pouco abaixo dos ombros. Seus pezinhos 34 bem feitinhos. Seu rostinho angelical, parecendo muito com a Claudinha Leite. Estamos casados a 6 anos (mas estamos juntos a 11)e fui o seu primeiro namorado e primeiro em tudo pois comecei a namora-la com 14 anos. No outro dia acordei com a Claudinha já arrumada pra ir pra academia com uma malha que deixava seu corpo mais perfeito. Ela parecia radiante. Fiquei a observando. Após alguns minutos ela percebeu que estava acordado. Pulou na cama e me deu um beijo – Bom dia meu amor! Disse ela – Vou dar uma malhadinha, e qd sair, nos encontramos no café do hotel. E saiu cantarolando com seu ipod no ouvido. Fiquei pensando em quem tinha feito aquilo com ela na lancha. Comecei a pensar nas pessoas da lancha. Pensava ate nas garotas e aquilo me excitava muito. Já estava pra la de excitado. Bati uma punheta gostosa e desci pro café. Chegando la, a Claudinha não estava e tb não tinha ninguém conhecido. Comecei a tomar o café e não demorou pro Carlos aparecer. Ate que ele estava muito agradável naquela manha. Conversamos sobre trabalho e amenidades. Ele disse que ia na praia e me convidou. Disse que iria mais tarde, mas desci ate a entrada do hotel, mas ...
    sem antes deixar o recado com o garçom do hotel pra minha esposa me esperar ali. Ficamos conversando ate eu perceber que já tinha passado das 10 e a Claudinha devia estar puta comigo. Me despedi do Carlos e subi para o café. Chegando la não encontrei a Claudinha e perguntei se algum dos garçons a tinha visto. Com a negativa deles, partir pra academia. Chegando lá não tinha ninguém. Fiquei preocupado e refiz o trajeto do café. Nada dela. Desci a recepção e nada dela tb. Lembrei que ela deveria estar no nosso quarto se trocando. Subi o elevador pensando mil e uma coisas. O nosso quarto era dividido em 2, sendo uma antessala grande com mesa pra jantar, sofá e TV, e um quarto com uma cama grande. Qd abri a porta vi que a Claudinha estava la, pois na sala estava seu tênis, ipod com o computador aberto ainda tocando umas musicas, e sua malha. Ao entrar no quarto tive uma visão surpreendente. A Claudinha estava nua, deitada de bruços, toda suada e parecia que tinha acabado de fazer sexo. O cheiro do quarto tb denunciava. A chamei pelo nome e ela virou a cabeça em minha direção sem sair da posição. Seu rosto estava vermelho e ela estava descabelada. Tive certeza do que acontecera ali. Ela me olhou e sorriu. Fiquei imóvel e mudo. – Amor, acabei de botar um chifrinho em vc! Vem cá, deixa eu te contar! Fui em sua direção sem acreditar. Ela levantou seu corpo da cama ficando de joelhos e abriu os braços me chamando para um abraço. Lhe abracei e ela me deu um beijo muito gostoso. Senti um ...
«1234...»