1. Meu coroa rico me chamou hoje…


    Encontro: 11/01/2019, Categorias: Heterossexual, Autor: kaplan, Fonte: ContoEroticoComBr

    (escrito por Kaplan) Nossa amiga Laís conversava conosco uma tarde. Estava toda produzida, o que nos chamou a atenção. Qual o motivo daquilo? Rindo, ela nos contou que tinha um encontro. – Meu coroa rico me chamou hoje… e tenho de ir bem chic… – Como assim? Coroa rico? Te chamou? Explica! – Ele é um médico, não posso revelar o nome, tá? Que já nasceu rico e herdou a clínica e os clientes do pai, super milionário, dono de fazendas e tudo o mais. E hoje, ele já tem 50 e tantos anos, tá quase aposentando e não tem herdeiros. Ou seja, a fortuna que o pai deixou pra ele ele trata de se desfazer dela, porque não quer saber de brigas com a ex-esposa e os familiares dela, que estão de olho em tudo. Ele já vendeu duas fazendas, ainda falta uma. Carros só tem um, e dispôs de quatro!!! Tem muito dinheiro. – E o que você tem a ver com isso? – Simples, ele gasta uma boa grana com meninas lindas como eu… fui apresentada a ele por uma amiga que também usufrui dessa maravilha. Quando ele está a fim, pega o telefone e liga, chamando ou para o consultório ou para a casa dele. E aí ele nos come. Maravilhosamente bem, diga-se de passagem. Se fosse só por dinheiro eu não ficaria. Fico porque além de presentes e dinheiro ele me dá muito prazer. Saio de lá até trupicando, nunca deixei de gozar quando transo com o Donato. Ao terminar de falar ela ficou verde. Tinha dito o nome dele, e não podia. Se alguém descobre que ela contou, ela perderia a boca. Nos pediu, quase ajoelhada, que nunca ...
    contaríamos a alguém. Se conto hoje é porque ele já se foi, isso aconteceu há mais de 30 anos. Como Meg era super curiosa, quis saber dos detalhes todos, desde o tamanho do pau dele até o que ele fazia. Como eu notei que Laís queria contar, mas a minha presença a incomodava, saí, fui para o quarto e fiquei arrumando coisas, enquanto as duas conversavam. De vez em quando, uma risada mais alta da Meg me dizia que ela devia estar ouvindo coisas bem interessantes. E é claro que, assim que Laís saiu para atender ao chamado do Donato, Meg me contou o que havia acontecido com nossa amiga na ultima vez que eles se encontraram. – Primeiro ela me contou que o pau dele era grande, mas não enorme, tinha uns 20cm. Depois ela disse que, da última vez, ele a chamou ao consultório e a “atendeu” depois que a secretária tinha saído e não havia mais pacientes. Ah, a secretária também integra o time das que ele convoca… A Laís tinha conhecido e garantiu que era muito bonita também. – Então, ela chegou e ele não perdeu tempo, foi tirando a roupa dele e dela, fez ela ficar inclinada numa bancada que tem no consultório e já foi mandando ficha. Enfiou o pau na xoxota dela e, detalhe curioso, ele não dá muitas bombadas. Dá algumas, depois para e ela é que tem de ficar mexendo o corpo, fazendo o vai e vem no pau dele. Aí ele torna a bombar. Depois ele a levou para a outra sala, onde tem a maca em que ele atende, colocou-a deitada, com as pernas bem abertas e meteu de frente. E só aí se dignou dar uns beijinhos ...
«12»