1. A filha do Pastor


    Encontro: 10/01/2019, Categorias: Virgem, Autor: Jaspion22, Fonte: ContoEroticoComBr

    A conheci no aniversário do meu amigo, era sua irmã, filha de pastor, familia religiosa, morena, alta com média de 1,75 de altura, cabelos cumpridos, roupa discreta com uma blusa e uma saia, vou chamá-la de Larissa. Ela não parava de me olhar, de cima a baixo, quando eu a olhava, ela fixava em meus olhos, não escondia o seu interesse por mim. Sou moreno claro, olhos puxados, 180 de altura, 83 kilos, malho, costumo ser formal e bem arrumado, estilo homens antigos, apenas de ter apenas 21 anos na época. Mas nada fiz, era irmã do meu amigo e filha de pastor, tinha tudo para dar errado. Mesmo assim no dia seguinte ela me procurou no facebook, foi direta, disse que gostou de mim e queria sair comigo. Acabei topando, achei ela bem safadinha e gostosa, mesmo sendo irmã do meu amigo. Saimos escondidos, Larissa cabulou o curso de enfermagem de noite, peguei ela na rua de trás no carro. Logo ao chegar ela me olhou nos olhos e me deu um selinho, estava de saia solta, pouco acima do joelho, nada vulgar, mas sexy, blusinha sem sutiã, dava para ver o biquinho dos seus peitos. Logo disse: – Vamos para uma rua mais escura e deserta. Eu fui dirigindo e conversando, a questionei: – Você então da umas escapadas esncondidas para curti com alguns rapazes? Larissa seria respondeu: – Não sou dessas dai, já namorei 2 vezes e ainda sou virgem, gostei de você, mas relaxa que não quero namorar. Ao falar que era virgem fiquei surpreso, e a questionei: – Virgem? Só depois de casar então? Nunca ... tentou? Larissa respondeu: – Só nunca senti vontade mesmo, nunca tentei, ainda não achei alguém que me desse vontade. Chegamos a uma rua com as luzes falhando, logo comecei beija-la, subia a mão pelas suas pernas lisinhas e grossas. Comecei a ir por dentro de suas pernas, ela foi abrindo e deitando eu te tocar, puxei suas calcinha de lado e toquei sua xaninha que estava emsopada, depiladinhas, um mel. Larissa sorriu e disse: – Quero sem camisinha, não goza dentro tah. Logo pensei, essa é uma putinha rasgadeira e ainda fala que é virgem, estava cheio de tesao, subi sua saia, deitei o banco, coloquei meu pau para fora, molhei a cabeça com saliva, e ja fui posicionando na boquinha da xota dela, ela fechava os olhos e rebolava, tentei meter, mas não conseguia, meu pau envergava e não entrava, ela dizia que estava doendo. Passei o dedo na sua buceta e realmente ela era virgem, me assustei na hora, até broxei. – Você é mesmo virgem?! Larissa sorriu e disse: – Logico, eu não te disse? Fiquei meio em choque, entendia nada, até pesou na conciencia: – Mas porque você vai transar comigo? Larissa respondeu: – Desde de que vi, fiquei muito exitada. Relaxa que não vou gamar, quero só transar contigo. Ouvi aquilo e fiquei de pau duro denovo, desta vez bem mais duro que antes, a idéia de uma virgem louca para me dar me deixou louco, comecei a tentar meter novamente, mas ela era muito fechadinha, eu já tirei a virgindade de umas 3 garotas, mas aquela estava lacrada, eu estava quase gozando e não ...
«12»