1. Uma história de vingança (veridico) part.2


    Encontro: 05/01/2019, Categorias: Travestis, feminização, Cdzinha, crossdresser, Transex, transsexual, Autor: Histórias_Reais, Fonte: CasadosContos

    de vento e popa, decidi que deveria forçar mais ele, então um dia depois da aula passamos em frente à loja de lingerie, o agarrei no braço e o fiz entrar comigo, ele me questionou perguntando o que estávamos fazendo, disse que iria comprar o conjunto de lingerie que tínhamos visto um tempo atrás, fui até a vendedora perguntei sobre o conjunto de calcinha e sutiã rosa que estava exposto há algumas semanas atrás, logo em seguida a vendedora veio com o conjunto na mão, perguntei se poderia provar, ela então me encaminhou até o local dos provadores, mas disse que meu primo não poderia ir comigo, nisso fui até ela e disse que ele era meu irmão, ela então concordou. No local onde ficavam os provadores fomos ao último, tinham poucas pessoas na loja, minha intenção era deixar ele meio constrangido, mas na hora eu me lembrei de como ele era antes (meu primo vivia tentando me espiar, o pior é que fazia uma cara de tarado) e queria ver se ele ainda era assim ou se tinha mudado, então o puxei para dentro do provador, ele ficou surpreso, mas lhe disse que como ele tinha me contado e mostrado seu segredo éramos como irmãos e que aquilo não tinha nada haver até porque nossas mães são irmãs, nisso pedi que ele segurasse o conjuntinho, comecei a me despir, tirei todo o uniforme da escola, estava ali só de calcinha e sutiã, olhei pra ele pelo espelho e notei que ele estava lendo a etiqueta da lingerie (estava rindo por dentro, porque se fosse um tempo atrás acho que ele teria um treco de ...
    tanto olhar), então tirei meu sutiã e a calcinha e fiquei peladinha por alguns segundos na sua frente, olhei de novo para ele pelo espelho, agora ele estava olhando pra baixo com o rosto bem vermelho, era nítido que que ele estava constrangido, pedi então que ele me desse a calcinha e o sutiã que estava segurando, logo que vesti virei de frente e perguntei a ele se estava bonita, depois virei de costas e perguntei se ele achava a calcinha muito cavada, ele respondeu que eu estava bonita, nisso tirei o conjunto, pedi novamente que ele me entregasse a minha calcinha, que vesti prontamente, fiquei mais alguns segundos só de calcinha e com meus seios a mostra, quando olhei no espelho ele estava olhando fixamente para meus seios, virei de frente pra ele quase que esfregando no seu rosto e pedi que ele pegasse no chão meu sutiã, nossa se fosse outro menino tenho certeza que tinha pegado ou beijado meus seios, mas acho que ele estava olhando para comparar com o dele isso sim, bom vesti o restante do meu uniforme, paguei e sai junto com ele. O tempo ia passando continuava a dar-lhe os comprimidos e cada dia mais conversava com ele sobre roupas, maquiagem e principalmente meninos, na escola o percebia cada dia mais isolado, sempre estava lendo nos intervalos, já não fazia mais parte da turma de meninos que azucrinavam na escola, mas também não via ninguém implicar com ele, era como se ele não existisse, às vezes sentava com ele nos intervalos, mas o nosso papo rolava mesmo na saída a ...