1. Amanhã!


    Encontro: 04/01/2019, Categorias: dono, cadela, dominação/submissão, BDSM, Sadomasoquismo, Autor: Kely_cadela, Fonte: CasadosContos

    É amanhã! Minha próxima oportunidade de ser feliz me entregando totalmente às vontades daquele que me possui. Dono do meu corpo, alma, desejos. Quem decide o que quero, ou do que preciso. O centro da minha devoção. Cada um dos nossos encontros são únicos, a emoção, o nervosismo, o tesão, a entrega absoluta.... É tudo como se fosse a primeira vez. Sentir essa ansiedade é uma explosão de sentimentos. Me preparar cuidadosamente para estar ao gosto dele e não ter ideia do que será feito de mim. Sou uma cadela, apenas um objeto de prazer do meu dono, ele faz comigo qlqr coisa que desejar, então meu futuro é totalmente incerto. A única certeza é que serei zelada, pq o dono usa e abusa, mas cuida com perfeição. Cada detalhe exige toda minha concentração. A depilação completa que ele exige. Nenhum único pêlo, afinal sou uma puta muito limpa e ele não merece menos que isso! Separar aquele vestido curto e justo, os saltos altos, o odioso plug, o batom vermelho de puta. Conferir e organizar a bolsa com todos os acessórios que ... ele pode querer usar, inclusive a nova bolinha que comprei pro dono brincar com sua cadela. Pensar no quanto ele parece diferente, mais frio que o de costume, me deixa apavorada com o que pode acontecer amanhã. Mas é pra isso que sirvo, pra satisfazer suas vontades independente de quais sejam. Então respiro fundo e apenas aguardo o momento de estar sob o olhar firme dele, sentindo o corpo estremecer, as pernas faltarem, e a boca secar. Sentindo a adrenalina que só ele pode me trazer. E desejando ser capaz de lhe oferecer a perfeição. A noite certamente vai ser longa. A ansiedade dificulta o sono, fico delirando imaginando várias coisas deliciosas, como é tudo quando estou com ele. Até o sofrimento que ele me provoca tem um gosto doce, afinal, ele pode! O único que pode! O único que conhece a puta que há em mim, enquanto o resto do mundo conhece apenas a dama, a profissional séria, respeitada e defensora da moral. Apenas ele conhece meu íntimo, meus desejos e necessidades mais sórdidas! Tome dono, pegue o que é seu...
«1»