1. Por dentro do inimigo parte 5 final


    Encontro: 04/01/2019, Categorias: Dominação, Humilhação, policial, Heterossexual, Autor: Theron, Fonte: CasadosContos

    Beatriz tirou o cinto e ficou em pé observando o homem que havia comido seu cuzinho, ainda estava dolorido, mas a situação dele agora era a mesma, estava deitado com seu cuzinho também comido, havia se vingado dele, ficou pensando que fez a escolha certa ao ficar do lado do Max ao se rebelar contra Paula, a mãe de Agatha, então começou a ouvir gemidos na sala ao lado, onde Paula era torturada pelo Max, Marcos e os três caras que ela não conhecia, ao ouvir os gemidos sabia, Paula havia desistido, estava sendo humilhada pelo Max, Beatriz pensou alto: - Gostaria de estar lá agora, vendo a vaca sendo estuprada pelo Max. Beatriz então olha para o cara que estava imóvel, sem falar nada e diz no seu ouvido: - Está ouvido, viado, a sua madema desistiu, agora ela é tão puta quanto você. Então Beatriz percebeu que o caracestava desacordado, por isso não se mexia, Beatriz cutucou e empurrou ele para ver se reagia, mas nada aconteceu, então ela desamarrou um de seus braços e o virou e começou a dar tapas em seu rosto dizendo: - Não vai desmaiar ainda, tenho muita coisa para fazer com você. Como ele não acordava, ela se afastou dele e foi pegar um balde de água que ela já havia deuxado ali de propósito, caso precisa-se, ela tem dificuldade para levantar o balde, o leva arrastado até a cama de costas para ela, derrepente sente a mão do cara avançando em sua cintura e a jogando na cama e mesmo com uma mão presa ele consegue dominar Beatriz apertando seu pescoço, depois de um tempo solta o ...
    pescoço dela e ela começa a tossir e tenta voltar a respirar, ele aproveita para tirar a outra mão presa e consegue, depois ele prende as mãos de Beatriz no lugar onde estavam as suas, Beatriz olha para ele e diz: - Seu filho da puta, não vai conseguir fugir, o galpão tem seguranças em todo lugar e... É interrompida pelo cara: - Não pretendo fugir, vou salvar Paula. Beatriz solta uma risada e diz: - O que vai fazer? Esta achando que é um super herói? O cara pegou a mochila de Beatriz, onde estavam vários de seus brinquedos de tortura e disse: - Espere aqui e verá. Ele levantou e pegou a calcinha de Beatriz no meio das roupas dela e socou na sua boca e disse: - Tenho um plano e você faz parte dele. Pegou o balde de água e jogou parte encima de Beatriz, e disse: - Isso vai doer. Paula olhava para o teto, ainda sendo fodida pelo Max que não se cansava, os dois já estavam bastantes suados, Agatha estava amarrada na cama e Marcos estava do seu lado se aproveitando e agarrando seus seios, os três caras que haviam espancado Agatha na grande casa ficarám no canto da sala assistindo tudo. Até Max dizer: - Chega, para mim é o suficiente, agora tirem as correntes da puta e deixem ela cair. Dois dos caras foram de cada lado, enquanto Max largou suas pernas, eles soltaram as mãos de Paula das correntes e Paula caiu no chão, estava muito tempo pendurada, estava cansada, apenas conseguiu dizer: - Quais as ordens... senhor? Max responde: - De joelhos, ainda na gozei e minha pica está suja de ...
«1234»