1. Sou quase uma Cinderela crossdresser - parte 2


    Encontro: 03/01/2019, Categorias: transsexual, crossdresser, Cdzinha, feminização, Travestis, Gays / Homossexual, Autor: Lipe, Fonte: CasadosContos

    Quando cheguei no Salão, não sei se sentia mais vergonha de me reconhecerem ou medo da dor, ainda não acreditava que aceitei essa proposta maluca do meu chefe. - Bom dia, e seja bem-vindo, a Júlia já vai te atender, disse a secretaria quando cheguei. - OI LIPE! Júlia me abraçou como se eu fosse uma grande amiga que não vê faz tempo. - Entre vamos começar sua sessão. - Deite-se na maca, vai demorar, você realmente tem belas pernas, Ricardo não exagerou no telefone. Fiquei sem graça, como assim eu tinha pelas pernas? E por que vai demorar? eu só tenho um pouquinho de pelo do joelho para baixo. - Calma meu amor, o Ricardo me falou que você precisava só de meia perna, mas como eu sei que é para fotografias eu aconselhei depilar perna toda, vai que precisa mostrar tuas coxas de shortinho também? Júlia disse sorrindo. Coxas? Shortinho? Isso era muito pra mim estava quase desistindo, mas lembrei do dinheiro e decidi ficar. Quando a sessão tortura estava quase acabando, Júlia me faz uma proposta estranha: - Suas pernas ficaram lindas, mas seu bumbum ficou estranho assim, posso lhe fazer uma depilação completa como cortesia pra você provar como é bom ficar toda lisinha quer dizer lisinho. Pensei um pouco e aceitei, já estava ali mesmo, nunca pensei que cera quente no cu doesse tanto, mas quando vi o resultado no espelho, quase não acreditei, eu estava muito linda, sim, linda porque parecia mesmo pernas de menina. Voltei para a sala principal do salão e sentei em uma cadeira para ... começar o tratamento nos pés, nunca cuidei das minhas unhas direito, deu trabalho tirar as cutículas mas no final eu estava irreconhecível, esmalte rosa claro e pernonas de modelo, o que pensariam de mim se me vissem assim? Quando cheguei no escritório estava de calça de moleton pois estava com muita vergonha das minhas penas, mas caio não deixou barato e junto com ricardo ficaram pedindo para eu mostrar o resultado. Abaixei as balsas e mostrei, os dois ficaram se palavras, Caio disse sem medo: - Mais gostosa que muita mulher que eu peguei. Ricardo respondeu: eu pegava! E riram - Bom vamos começar as fotos então, você passou a manha inteira fora e o trabalho acumulou aqui, sabe andar de salto garoto? Disse caio em tom de deboche. - Ainda não mas acho que vou ter que aprender rápido, Respondi tentando não demonstrar insegurança, já que seria isso, queria minimizar as brincadeiras, coloquei uma bermuda que ia até um pouco acima do joelho e calcei a minha primeira sandália de salto, não era muito alta, mas me fez sentir a sensação mais feminina da minha vida, e o pior é que eu estava gostando. Caminhei até o fundo infinito para tirar as fotos meio com dificuldades, mas já sentia o poder que um salto dá as mulheres, parece que seu bumbum fica mais empinado, quando você anda seu quadril rebola sozinho, treinei algumas poses e com o passar das trocas de sapatos já começava a me sentir confiante. Em determinado momento quando voltei para meu computador nem percebi que ainda estava de ...
«12»