1. Descobrindo minha xotinha


    Encontro: 26/12/2018, Categorias: Masturbação, Autor: sentirmais, Fonte: ContoErotico

    A primeira vez que tive um orgasmo sozinha foi aos 10 anos... Foi meio que sem querer... Me peguei esfregando minha xotinha no travesseiro e fui sentindo uma sensação gostosa, um calor... Não entendia o que era, mas não queria e nem conseguia parar... meus peitinhos, até então, ainda pequenos, ficaram com os biquinhos durinhos e eu, depois de me esfregar gostoso por alguns minutos cheguei ao êxtase... Gozei e foi a melhor sensação de todas...Desde então, sentia vontade de fazer sempre... Mesmo não sabendo bem o que era, tinha gostado muito e minha xotinha pedia mais! As vezes tava na escola e aquele tesão subia, eu cruzava as pernas e ficava pressionando minha bucetinha na coxa... Quando chegava em casa, ía direto pro quarto e procurava o meu travesseiro amigo. Aos poucos, essa vontade foi ficando mais intensa e eu senti vontade de tirar a minha calcinha pra esfregar minha xotinha peladinha, agora, em uma almofada, que virou minha companheira de prazer por anos... Abria minha bucetinha e colocava a almofada no meio das pernas, ou sentava sobre a almofada como se tivesse sentando em cima de alguém e me esfregava como se não tivesse amanhã. Quando gozava, caia na cama como se tivesse desmaiado, cansada, mas ainda com vontade... Fazia isso umas 4 a 5 vezes seguidas, até ficar cansada mas tranquila e conseguir sentar sem sentir minha xota latejando de tesão.O tempo foi passando e fui descobrindo outras formas de me ... dar prazer... Comecei a tocar mais meus seios, que já estavam bem maiores, chupando o dedo e tocando meus biquinhos, me deixando louca antes de pegar na minha bucetinha. Descobri o poder dos meus dedos, ah, os meus dedos... Fico com tesão só de pensar... Comecei a tocar meu grelinho bem devagar, sentindo aquela sensação gostosa.... E quanto mais eu me tocava, mais eu sentia vontade... A intensidade do toque ía aumentando com o tesão que ía subindo... Enfiava o dedo na minha xota e mexia no grelinho com outro dedo... Quando cansava dos dedos, me esfregava na lateral da cama, ou pegava qualquer objeto que fosse mais geladinho pra passar no meu grelo... Segurava até onde dava pra gozar mais gostoso, toda vez que tava perto, eu esperava um pouco... E ainda usava minha almofada em momentos que queria sentir o contato de algo a mais além de mim mesma. Outra coisa que não mudou foi a quantidade, eu gozava a primeira vez e precisava continuar me tocando bem gostoso pra gozar de novo, de novo e de novo. As vezes de barriga pra cima, as vezes de bruços, mas sempre acariciando minha bucetinha.Amo me masturbar e só melhorei ao longo dos anos... Hoje meus peitos são o meu maior tesão, sou bem peituda e minha xota é minha maior paixão. As vezes me masturbo de 2 a 3 vezes no mesmo dia e não posso ler um conto aqui que já quero enfiar a mão na minha bucetinha.Logo mais conto minhas aventuras com o vibrador que comprei... Loucuraaaaa
«1»