1. Chupando meu amigo


    Encontro: 16/12/2018, Categorias: Oral, Amigos, Gays / Homossexual, Autor: Hércules Paraguaio, Fonte: CasadosContos

    Olá. Sou novo no site e decidi compartilhar uma experiência curiosa que aconteceu comigo e acredito que aconteça com muitas pessoas. Tenho um amigo de infância chamado Ângelo. Amigo esse que me acompanha desde a infância em vários momentos da minha vida. De uns tempos para cá, comecei a olhá-lo de outra maneira. Comecei a ter sonhos com ele onde eu o beijava e o acariciava enquanto o chupava. Comecei a ficar muito confuso pois nunca tinha me passado pela cabeça fazer sexo com outro homem e ainda mais com um amigo. Algumas vezes bebendo com ele enquanto falavamos de nossas aventuras amorosas com mulheres, eu ficava imaginando como seria quando fizessemos sexo. Eu me masturbava pensando nele, achando que seria melhor que ele não soubesse e logo essa minha vontade passaria. Mas me enganei. Mesmo saindo com uma companheira de trabalho muito bonita e que fazia de tudo na cama eu nao parava de pensar como seria chupar um pau. Nesse caso, o pau dele. Mas decidi agir. Uma vez bebendo com ele, comecei a fazer algumas perguntas e consegui arrancar dele declarações do tipo: "nao deixaria de comer um homem se estivesse com muito tesao" ou "sexo é sempre bom, nao importa como." O pior de tudo, eu pensava, é que ele era meu amigo e nossa relação talvez ficasse muito diferente. Então tempos depois, bebemos com alguns amigos e na volta viemos na sua moto um pouco bêbados mas nao muito. Ele reclamava que uma mulher casada estava recusando sair com ele pois tinha medo. Eu ouvia tudo e por ... dentro ardia de tesão. Nessa época ele tinha começado a morar sozinho e me chamou para bebermos algumas cervejas que ele tinha em casa. Chegando lá, bebemos algumas latinhas e começamos a conversar. Então decidi partir pra ação. Conectei meu cel na tv dele e assistimos algumas cenas de filmes pornô. Perguntei se estava excitado e ele disse que estava começando a ficar. Falei então que queria ver e ele disse: sem problemas ou algo assim. Ele pôs o pau pra fora e falou que fazia tempo que nao fazia sexo e nem se masturbava. Estava com muito tesao acumulado. Ele tinha um pau grande e fino. A cabeça bem vermelha e sacudo. Salivei na hora. Ele perguntou se eu gostaria nde chupá-lo e eu corei. Lembro perfeitamente bem que nessa hora, meu sangue ferveu e eu meio que me tremi de tesão. Disse que queria beijá-lo e o beijei com muita vontade. Era melhor que beijar uma linda melhor. Era o beijo de um macho que transpirava tesão e também cheirava à álcool é verdade. Coloquei o pau dele na boca devagarzinho, beijando e lambendo aquele pau que pra mim era um troféu. Ele ficou de pé e eu o virei e beijei sua bunda e suas pernas. Ele nao falava nada. Tirei toda a roupa dele e ele se esticou com as pernas fora do sofá. Eu chupava com sofreguidão. Quem lembra a primeira vez que sentiu uma pica pulsando cheia de tesão na boca? Ele gemia e meu pau pulsava de prazer. Eu nao atrevia nem ao menos me tocar pois gozaria na mesma hora. Eu chupava o saco dele. Batia com a rola na minha cara (sempre quis ...
«12»