1. FABI/CD e eu..


    Encontro: 15/12/2018, Categorias: Com Fotos, Travestis, Autor: dosex, Fonte: ContoEroticoComBr

    Naquela semana de férias familiar, após meu banho e lanche, fui passar o tempo num Bate papo da internet. Uma hora de caçada e nada.. Achei melhor bater uma e ir dormir. Mas, de repente um Nick me chamou atenção . Cliquei e então conheci a Fabi. Começamos a conversar naquela quarta a noite e se estendeu por algumas horas.. Fabi é cdzinha, recém saída de um casamento e muito simpática. Falamos sobre tudo, abrimos cam e nos vemos. Ela tava montadinha e mostrava um ar sexx.. Marcamos pra nos conversar na quinta via skype, porém, mais cedo, pois poderíamos nos ver. E assim aconteceu. Após nossa breve conversa, marcamos nos encontrar no posto, ao lado de um motel da avenida das torres de Curitiba. Estava ansioso demais e quando vi seu carro chegar, sinalizei e a segui até o motel no meu carro. Estacionamos e pude notar um corpo delineado e uma bunda redonda sob sua saia justa.. Completava o modelito, uma meia arrastão, corpete preto e uma peruca.. Fiquei exitado ali mesmo. Entramos no apartamento e uma voz tranquila e suave, me fez até pensar que tudo aquilo era mesmo uma menininha.. Fabi sentou-se na cama e deixei cair o short, mostrando sem medo, meus módicos 16cms grossos, que foram prontamente na boca de Fabi, cheirosa, perfumada e sedenta.. Percebi sua peruca de cabelo natural e isso deixava ainda mais femea. E ela começou a chupar com maestria.. olhava pra cima com meu pau na boca.. Passava a língua em toda a extensão do mesmo. Molhava com a saliva e secava coma boca mesmo ...
    tempo.. Olhou e me pediu uns leve tapas no rosto.. sem marcas, mas com tesão .. – Estou precisando de um bom macho, disse Fabi que assim se mostrou putinha mesmo .. E por isso apanhou gostoso e pediu ainda mais.. Deitei-me na cama de pau pra cima, Fabi quis sentar e puxando a calcinha de lado, começou a cavalgar, sem mesmo tirar sua saia. Lubrificada que estava, a entrada foi fácil, e seu gritinho de dor e prazer ecoou no quarto me deixando ainda mais com tesão . Uma cavalgada de tirar o folego .. Ela e eu estávamos sedentos por sexo.. Num breve intervalo para se recuperar, tomamos uma cervejinha e isso ajudou ainda mais.. Ela se soltou e eu fiquei com a bexiga cheia e travou o gozo. Mas o tesão do mijo ficou e com ele transei Fabi nas posições que ela mais queria e pedia. Aquela bunda de quatro em minha frente, na beirada da cama me fez ficar cowboy, Arranquei sua saia, subi e soquei devagar, com força, com jeito, com vontade… Cada estocada minha , Fabi rebolava ainda mais , gemia e se contorcia na cama.. Segurava o lençol, mexia a bunda e implorava para não parar.. Pedia que queria gozar pelo rabo.. e por mais que tentei, ate aquele momento , ela não conseguiu.. Para atender seus insanos desejos, coloquei ela de bunda pra cima sobre um travesseiro, e pedi pra esperar.. Peguei meu gel dental hot e passei na camisinha toda.. e vagarosamente comecei a mexer com o rabinho dela, dedinhos, língua, tapas na bunda.. – Me coma logo,- ela pedi sem saber o que estava por vir.. e eu ...
«12»