1. Dei pro professor do colegio de freiras-part 1


    Encontro: 12/12/2018, Categorias: Virgem, Autor: flavety, Fonte: ContoEroticoComBr

    Me chamo Flavia, tenho 28 anos, o que vou contar aconteceu quando tinha 18 anos, com meu professor de geografia no colégio de freiras. Tive displasia mamária por mt anos, na adolescência e isso chamava mt atenção, inclusive dos professores, no meu 3 ano do ensino médio conheci o Valter um professor negro de 38 anos, recém casado, sempre soube que ele saia com as alunas e isso pra mim não era problema. Como todas as minhas amigas eu era extrovertida, e tirava boas notas, e sempre fazíamos mts brincadeiras com os professores, sempre notei os olhares dele pra mim, mas tirava de letra, tinha os peitos enormes pra minha idade e altura e já estava acostumada com os homens me olhando, minhas amigas tb notaram e só tiravam “onda” de mim todas as aulas dele. Não dava mt importância pras indiretas quando ia a sua mesa tirar alguma dúvida, porém um dia quase no final do primeiro semestre eu sai para ir ao banheiro no meio da aula de literatura, e o Valter estava no corredor, me parou e disse que tinha uma pergunta pra mim, parei e olhei pra ele, perguntou se eu tinha namorado, respondi que havia terminado meu namoro uns 3 meses antes, perguntou se eu ainda era virgem, eu ri e respondi que já tinha feito quase tudo com meu ex menos penetração, ele apenas disse que era uma informação valiosa e foi embora. Como era meu ano de vestibular me matriculei em um cursinho a noite, sem saber que ele era professor de lá tb, chegaram as ferias de julho boa parte dos meus amigos foram viajar, eu ...
    fiquei na cidade pra estudar afinal eu queria ser médica, e meu cursinho tinha aulas de férias e eu fui fazer, tive aulas com ele em julho, porém em um sábado eu estava com dor de cabeça e sai mais cedo da aula, passei pela frente da sala dos professores ele me viu e veio atrás de mim:’Onde a senhorita pensa que vai, saindo mais cedo da aula?’ Falei o que acontecia ele me perguntou como eu ia pra casa: ‘Vou de ônibus ora’ ele me ofereceu uma carona, aceitei e fomos, papo vai papo vem, me perguntou se eu já tinha 18 anos, se era verdade o que tinha dito na escola que era virgem e tal, respondi que sim. Já na esquina da minha casa estacionou o carro e me pediu um abraço, eu abracei e ele me beijou, beijei de volta, por mt tempo, e logo as mãos dele estavam me alisando, passou as mãos nos meus peitos e disse’nossa são grandes mesmo, posso ver de mas perto?’ E levantou minha blusa disse que estava realizando um sonho, olhou pra mim me beijou de novo e foi descendo a mão pela minha saia chegou na minha calcinha ‘ nossa ta molhada, vou passar o dedo de leve e ver se o que falas é verdade’ e passou bem de vagar e so na entrada ‘ nossa depilada ne, tem selo ainda, um desperdício isso’ fiquei mole nas mãos dele queria dar ali mesmo dentro do carro, mas ele parou e no meu ouvido disse’ hj não vou tirar teu selinho, vou fazer isso sábado que vem, vai bem deliciosa pra aula que no final vc va virar mulher!’ Fui meio tonta pra casa, cheia de tesao e tudo, mas pensando nele, sábado chegou ...
«12»