1. Fat love 5


    Encontro: 07/12/2018, Categorias: Gays / Homossexual, Autor: Be M.C, Fonte: CasadosContos

    (Narrador Rafael) O Pedro voltou estranho pro quarto pensativo confesso que nao entendi o motivo, mas nao me preocupei pois meu pensamento estava focado no novo hospede da minha casa, na verdade nao parei de pensar nele nem um segundo e isso ja estava me irritando, porra nao sou gay pra ficar pensando esse tanto em macho, se bem que eu gostaria de saber o que de grave pode ter lhe acontecido para meus pais o convidar pra morar aqui, enfim amanha eu descubro vou dormir que amanha o dia na empresa vai ser cheio tenho muitas reuniões e papeis pra analisar... " eu tava num quarto branco e super claro nele tinha uma cama gigantesa e mais nada, caminhei ate a sacada e vi uma praia de areia branquinha branquinha, o mar era de um azul lindo me lembrava os olhos de alguem mais nao conseguia definir quem exatamente, porem so olhar para aquela imensidao azul me deixava em paz, estava olhando aquele lugar paradisíaco quando uma voz doce e suave me despertou: Be- Vem amor, ainda ta cedo vamos dormir mais um pouco. .. Me virei e vi um verdadeiro anjo com cabelos que brilhavam e pareciam verdadeiros fios de ouro, uma pele branca mais ao mesmo tempo rosada que parecia ansiar o meu toque, olhos que pareciam refletir a luz do paraíso, uma boca que me incitava a prova-la, curvas lindas e grandes de um modo tao harmonioso e lindo, seu bum bum grande me dava vontade de morder, beijar, marcar como meu, suas coxas grossas me faziam querer aperta-las, se existia uma palavra para definir tal ser ... essa palavra era PERFEIÇÃO, rompendo meu momento apreciativo meu bebe me chamou novamente, me aproximei lentamente ajoelhei do seu lado da cama, encostei levemente meu nariz em suas costas para entao sentir o melhor cheiro que senti na vida, e entao subi distribuindo beijos ate chegar perto de seus labios e quanto mais perto chegava maior era meu estado de euforia, quando restavam poucos milimetros pra entao selar os seus labios, acordei de supetão" Meu corpo todo estava quente apesar do ar condicionado estar ligado, meu pau estava tao duro que chegava a doer juntamente com minhas bolas, a sensação era de entorpecimento e so depois de passada essa sensação fui reparar que alem de duro meu pau estava todo gozado, olhei pra cama improvisada ao lado da minha pra ver se Pedro estava acordado mais nao, dormia tao profundo que ate roncava, eu estava estupefato nunca em toda minha vida havia tido um sonho tao excitante, e com tao pouco, caralho eu nem cheguei a beija-lo e ja estou assim imagina se tivesse transado com ele, imagina é o caralho rafael tu é macho porra nao pode ter sonhos como esse. Resolvi tomar um banho e sair pra malhar sempre me desanuviava os pensamentos. (Narrador Be) Acordei e me espreguiçei, dormir perfeitamente bem naquela cama maravilhosa, e estava me sentindo bem melhor ainda tava meio triste mas resolvi que nao iria ficar remoendo o passado ia simplesmente viver o futuro, depois de tomar um banho, sai do quarto, o corredor era bem grande e pra todo lado que se ...
«1234»