1. Comendo a rodada da sala


    Encontro: 05/12/2018, Categorias: fetiche., Gozada, Submisso, REAL, Heterossexual, Autor: Submisso, Fonte: CasadosContos

    Meu primeiro ano no ensino medio, escola nova, conhecia ninguém, era uma sala de 40 e desses meia dúzia eram novatos. Eles decidiram fazer uma festa para sala, disseram que fazer todo início de ano, eu decidi ir pra poder conhecer o pessoal. Na festa eu fiquei na mesa junto dos novatos conversando bebendo. Depois de algum tempo decido ir no banheiro, e o banheiro tinha 3 box, sendo um pra deficiente, todos os 3 estava fechado, mas não sabia se tinha alguém, decido ver por debaixo da porta, na primeiro tinha um guri fazendo o n°2, no segundo tinha um guri mijando, e no deficiente tinha um casal uma guria de joelhos dando a entender que ela tava pagando boquete, ela estava de salto cor preto (importante). Mijei no miquitorio mesmo, e voltei pra mesa dos novatos. Não contei o que vi no banheiro, não achei necessário. Continuamos bebendo, até a hora que a festa acabou, e como o lugar era alugado e tinha mt bagunça, ficaram 4 pessoas pra arrumar, 3 meninas e eu que me dispus a ficar pra ajudar. Depois todos foram embora, ficou eu e uma menina, a Sofia, uma veterana, 1,60+ou-, cabelos loiros,peitos enormes, e uma bunda redonda e grande, e ela tinha um rosto mt sexy. Já descartei a ideia de que fosse rolar alguma coisa, eu não teria a menor chance. Fui me despedir dela, beijar a bochecha normal, ela me abraça passa a unha na minha nuca, eu não pensei duas vezes e beijei ela. Fiquei de pau muito duro ... ela esfregava a bunda no meu pau, tava quase gozando com aquilo. Decido chupar o peito dela, vejo que tá meio grudento, pensei que tivesse sido alguma bebida derramada, ela com um decote grande e na festa teve muita bebida. Chupei todinha, transamos ali mesmo, chupei a bucetinha dela, fechadinha muito gostosa, meu pau parecia uma rocha, ela chupava meu pau parecia que já tinha chupado milhões, sabia como deixar o cara maluco. Terminamos de transar e gozei na boca dela, ela deixou cair no peito, e limpou, depois disso fomos embora cada um pro seu canto. No outro dia na escola, começaram a contar histórias da festa, e uma delas era da guria do banheiro, o guri que estava com ela no box, contou a história dela pros novatos, a guria mais rodada, já chupou todos os veteranos, e que na festa passada ela tinha chupado ele, e gozou na boca dela e que ela deixou escorrer pro peito. Quando ele acabou a história eu me toquei que a mesma guria que tinha dado pro cara também deu pra mim, eu tinha beijado aquela boca, chupado aquele peito, chupado aquela buceta, e ao invés de ficar puto, eu fiquei de pau duro, e fiquei imaginando sendo o escravo dela, chupando a bucetinha dela gozada, cheirando e chupando o cuzinho dela. E durante todo o ensino médio, eu pegava ela depois das festas, quando ela já tinha feito o que queria na festa, chupava ela todinha, ela esfregava a bunda dela na minha cara, tenho saudades.
«1»