1. PRIMEIRA EXPERIÊNCIA APÓS A SEPARAÇÃO


    Encontro: 05/12/2018, Categorias: Heterossexual, Autor: DAMA ABANDONADA, Fonte: CasadosContos

    Prestes a completar 30 anos de casada fui abandonada pelo marido, que me trocou por uma jovem de 23 anos. Sofri muito com a separação, por ter sido rejeitada e trocada por uma mulher bem mais nova. Com 52 anos de idade e tendo sido totalmente dedicada ao marido durante tantos anos, é compreensível o trauma sofrido. Minha amiga Joana, que havia passado por experiência parecida, ajudou-me a vencer o estado depressivo e aos poucos voltei a frequentar a academia de ginástica e me cuidar como sempre fazia. Saíamos para curtir um chopinho e conversar descontraidamente. Certo dia Joana convidou-me para ir a barzinho com música ao vivo e pista de dança. O local era bem animado, com vista para o mar, muito agradável. Dois rapazes bem jovens aproximaram-se e nos convidaram para dançar. Joana aceitou de pronto e eu, após alguns segundos de hesitação, aceitei. Após 6 meses de separada, senti pela primeira vez um toque masculino. Ele era bonito, forte, cheiroso e de personalidade agradável. Elogiou-me, principalmente meu corpo que realmente atrai os olhares masculinos. Aceitamos a presença dos dois à nossa mesa e dançamos diversas vezes. Na conversa animada, disseram que tinham 26 e 28 anos de idade, eram solteiros e estavam visitando a cidade pela primeira vez. Eram mineiros. Durante a dança comecei a sentir que ele me apertava cada vez mais contra o seu corpo e sussurrava elogios ao meu ouvido. Percebi que o seu pênis estava duro ao roçar em minhas coxas e a situação foi me excitando e ... acabamos nos beijando. Fomos ao toalete e trocamos ideias a respeito deles. Joana estava doida para se entregar, sentir os prazeres do sexo e me perguntou se toparia sair com eles para o motel. No estado de excitação que me encontrava e atraída por ele, disse que sim. Nunca havia me relacionado com outro homem nos últimos vinte anos, principalmente mais novo, muito jovem. Chegamos ao motel e ficamos todos numa suíte. Uma novidade agradável para mim; meu ex-marido nunca havia me levado a um lugar assim. Após os banhos passamos a corresponder às carícias dos rapazes que estavam excitadíssimos, com os pênis grossos duríssimos, enchendo-me de tesão por me sentir desejada por macho tão bonito e másculo. Tremi de prazer quando senti a língua dele tocar o meu pescoço, orelhas, chamando-me de gostosa e descendo vagarosamente em direção aos mamilos. Deteu-se por alguns minutos lambendo e mordicando os biquinhos retesados, fazendo-me gemer de prazer. A língua ágil e quente continuou explorando meu corpo rumo à região pubiana, passeando ao redor da minha vagina e descendo pelas coxas até tocar os meus pés. Eu gemia de prazer. Ele lambeu e chupou os dedos dos pés, uma delícia. A língua voltou a subir serpenteando entre as coxas com mordidinhas até chegar ao monte de vênus. Eu estava louca de tesão. Ele, então, tocou minha vagina com a pontinha da língua e explorou-a como se estivesse faminto e ficou pincelando o clitóris fazendo-me chorar de prazer. Eu ansiava por sentir o jovial pênis e ...
«12»