1. A mnha filha é uma puta inutil.


    Encontro: 27/11/2018, Categorias: Sadomasoquismo, Autor: jessicaputinha, Fonte: ContoErotico

    Como relatei no conto anterior, eu fodi a puta da mnha filhota mesmo prenha em publico, mas isso nao foi nada comparado com o que me apeteceu fazer hoje. Eu hoje acordei com um desejo diferente, mas como em qualquer dia normal eu levantei-me e tomei o meu pequeno-almoço, e d seguida fui ate ao quarto da mnha filha que ainda dormia. Sem fazer barulho fechei a porta do quarto, aproximei-me da mnha filhota, e comecei a esfregar o meu caralho bem tezo naquela boquinha d broche que logo começou a babar-se toda. Eu ja nao aguentava mais e comecei a soltar jactos d esporra na cara da mnha filhota. Ela acordou e disse-me:-Bom dia pra ti tambem papá. Estavas assim com tanto tezao que nao me podias deixar dormir mais um pouco seu tarado?-Eu hoje acordei com tanto tezao que nao resisti em dar-te uma boa esporradela nessa boquinha d broche sua porcalhona. Ha algum problema com isso?-Claro que nao papá. Sabes bem que a mnha boquinha so serve pra isso. Queres que a tua filhota porquinha te faça um broche papá?-Claro que quero sua nojentinha inutil. Vai, cumpre o teu dever d puta e faz-me um broche.Ela sem cerimonias começou a mamar no meu caralho, e enquanto enfiava os dedos na cona dizia-me:-Estas a gostar do broche que a tua filhota nojentinha te esta a fazer papá? Gostas d ter esse caralho chupado pela tua propria filha seu tarado?-É claro que sim, eu adoro sua nojentinha inutil. Agora cala-te e chupa.-Estas sempre a chamar-me inutil, mas pra te mamar nesse caralho ja tenho alguma ... utilidade nao é?-Tu so serves mesmo é pra me mamar no caralho sua burra.-Pois é, eu sou mesmo uma burrinha mimada e inutil.-E es nojenta tambem.-Pois sou, eu sou tao nojenta que quero levar ja com o teu caralho na peida. Enrraba-me toda bem enrrabada papá.Eu coloquei a coleira no pescoço daquela nojentinha, uma coleira que comprei mesmo pra ela, e ela acompanhou-me à rua caminhando d quatro ao meu lado como uma cadelinha. Chegando la ela ia por-se d pe, mas eu dei-lhe uma bofetada e disse:-Eu mandei-te levantar puta?-Nao papá. Mas eu pensava que... PLAFT...Eu dei-lhe mais uma bofetada e disse:-E desde quando é que tu pensas sua burrinha inutil? Tu nao es nada mais que um pedaço d carne com tres buracos pra foder e encher d esporra, percebeste puta?-Percebi papá. Eu sou uma burrinha inutil e mal comportada e mereço ser castigada sexualmente mesmo aqui na rua.-É o que mereces mesmo, mas eu tenho um castigo especial pra ti sua porquinha.Eu amarrei a puta da mnha filha e fui buscar o meu cao, e chegando perto dela, segurei o cao e disse:-Ja sabes o que fazer, nao sabes nojenta?-Sei papá. Nao é a primeira vez que eu chupo na piça d um cao.-Nojenta como tu es, eu nao duvido nada. Começa a chupar entao.A nojentinha da mnha filha começou a fazer um broche ao cao, e ela chupava com tanto prazer que ate metia nojo, e olhava pra mim dizendo:-Eu sou uma porcalhona, nao sou papá? Nao te apetece dar uma foda na chichona da tua filhota e deixar-me toda aberta e bem fodida?Eu ja nao aguentava com ...
«12»