1. MARIDO BROXA, VIRA CORNO 2ª parte


    Encontro: 26/11/2018, Categorias: impotência sexual, esperma, macho alfa, Esposa Puta, Traição / Corno, Humilhação, Traição / Corno manso, Heterossexual, Autor: Richard Vale, Fonte: CasadosContos

    MARIDO BROXA, VIRA CORNO 2ª parte Obs: passa lá pela 1ª parte e entenda como tudo começou Terminei dizendo, que mais tarde teria novamente meu amante me usando. Faço João separar minha roupa. Deixo-o escolher tudo, até a lingerie. O corno bota sobre a cama, um shortinho branco super curto, uma blusinha amarela bem soltinha, decotada na frente e totalmente aberta atrás, rasteirinha e uma calcinha branca minúscula, fio dental com lacinhos na lateral (amo essa calcinha). Ela é transparente na frente e só um fiozinho atrás. O corno sabe mesmo escolher. Acho que vou nomea-lo meu estilista.....rs. Observo que faltou o sutiã. Tenho alguns invisível aderente para o tipo de blusa que ele escolheu. Entendo que é pra eu não usar. Na maioria das vezes, não uso mesmo. Valorizo meus peitos redondos e durinhos, com biquinhos empinados. Eles são lindos e proporcionais ao meu corpo. Olho para João e lhe dou um sorriso malicioso. Mesmo não dizendo nada, o meu olhar transmitia palavras como: - Essa roupa irá me deixar mais gostosa. Nando ficará louco quando me ver vestida assim. - Você é um corno safado, meu marido. - Sinto que você quer que o meu macho deposite muita gala, dentro de mim. - Você não assume, mas gosta de ser chifrado. - É uma pena que você não consiga mais me penetrar. Nem deixar seu pinto duro pra se aliviar na punheta, assim como todos os mansos fazem. - Tenho um maridinho broxa, dedicado a mim. Continue assim, que não te deixarei jamais. De repente, ouço a buzina do carro ... de Nando. Ele sempre faz questão de buzinar em frente a minha casa. Diz que macho quando chega, chama a puta assim. A intenção também, é humilhar o corno e mostrar quem manda. Sem contar que os vizinhos ficam de olho, certificando que a ali mora uma mulher casada, que possui um amante e o marido aceita. Nando é mesmo cruel....rs. Enquanto me arrumo, peço que João vá fazer companhia para o meu namorado. Como já estou de banho tomado, somente me visto, solto meus cabelos, passo uma leve maquiagem caprichando no baton e por fim, um toque do meu Chanel número 5. Vou até o quartinho do Jr, que já está dormindo, dou-lhe um beijo e saio. Lá fora, observo meu macho e meu corno conversando ao lado do carro. É a primeira vez que eles ficam frente a frente. Quando eu chego, sou recebida com um abraço e um delicioso beijo de língua do meu homem. Nando nem se importa com a presença do meu marido. É como se ele não estivesse ali. Me entrego ao clima de sedução, tanto que os bicos dos meus seios fiquem arrepiados, marcando toda a blusa. Nando pega na minha mão e me faz dar uma voltinha, lançando um olhar guloso. Suas palavras não poderiam ser outras, aproveitando para maltratar "de leve" meu maridinho. - Gata, você está uma delícia. Assim eu não resisto. Vestida assim e com esse perfume, já tô de pau duro. - Cara, que sorte a sua. Você tem uma esposa maravilhosa, linda e toda gostosa. - Ela me disse sobre o seu problema. Aliás, toda a galera sabe. Que chato né?! - Quero que saiba que estou ...
«1234»