1. 2ªParte RELATO DE UMA SUBMISSA AO SEU DONO E SENHOR Choques


    Encontro: 17/11/2018, Categorias: traiçao. amante, Sexo, dominaçao, submissao, Sadomasoquismo, Autor: Ras, Fonte: CasadosContos

    2ªParte RELATO DE UMA SUBMISSA AO SEU DONO E SENHOR Choques Como já me descrevi quem não leu o 1º sugiro que leia. Me chamo Fernanda, moro em Araxá –MG,tenho 27 anos, negra, casada, seios médio, bumbum grande, uma buceta lisinha que eu faço de está por que meu dono exige e gosta que esteja sempre assim. Sou casada com um que não posso dizer que seja homem de verdade e sim um corno manso e mocho, pois goza igual coelho rapidinho e assim não sinto realizada por isso procurei o que vou relatar, estou aqui pra contar minha história de como conheci meu SENHOR e meu DONO. Entao vamos a segunda parte: Após o nosso primeiro encontro onde eu conheci o meu hoje Dono e SENHOR do meu corpo e alma, pois não tem um dia que não o admiro e sinto a minha bucetona ficar molhada e melada querendo o seu pau grosso e grande.Entao pedir ao meu SENHOR que precisava velo e sentir – lo dentro de mim .Marcamos de nos encontrar em um barzinho discreto afastado do centro da cidade para não dá motivo de curiosos nos verem e também para não humilhar o corno manso la de casa, apesar que ele sabe que é cornao, pois no ultimo encontro com meu SENHOR E DONO, onde me descobrir SUBMISSA, meu Senhor Fernando me fez voltar para casa com a sua gala seca no meu corpo , principalmente junto aos seios. O que é estranho que logo que chego em casa o maridinho vem beijar logo meu seios, não sei com a intenção de apenas confirmar que a mulherzinha dele e piranha estava nos braços de seu mestre. Mas voltando a narrativa ... principal. Marcamos de nos encontrar as 13:00 na hora ,eu chego do jeito que meu senhor Fernando, gosta toda provocante como sua putinha que ele sempre exigi . Vestido preto decotado curto com alguns botões aberto em baixo e em cima deixando meus seios amostra, sandália de salto, meia de renda, e sem calcinha,apenas a meia calça fazendo o papel de calcinha, de forma que ando a meia fica roçando o meu grilo que é um pouco grande e assim me deixando excitada com a situação, pois estou igual a garota de programa, uma puta de zona mesmo que gosta de se exibir para os machos em volta, e toda nervosa ao ver meu senhor Fernando, ali sentado me olhando, todo charmoso lindo a minha espera ao chegar perto do meu senhor abro todos os botões do vestido com um conjunto de lengery branca e pergunto ao meu senhor se está do seu agrado com o coração acelerado ansiosa pra ouvir a resposta dele ele simplesmente me olha e não diz nada apenas senta sua puta, assim eu faço me sento ao seu lado,e cabisbaixa pois ele não demonstra nenhuma reação de como reagir ao me exibir para ele, nervosa preocupada por ele não ter respondido se estava do agrado dele e ele simplesmente pede uma cerveja tomamos juntos ele em silêncio total depois de algum tempo ele apenas fala levanta e vamos embora. No carro ele coloca uns prendedores de metal nos bicos dos seios interligados com fio e outro na minha buceta e junto a esses prendedores um vibrador também de metal todo atolado dentro da minha vagina e depois liga na ...
«12»