1. Amando Por Dois 2


    Encontro: 08/11/2018, Categorias: Amor / Romance, Sexo, anomalia, Gays / Homossexual, Autor: Flávio Camposs, Fonte: CasadosContos

    Ele: Você deve ser o Lucas,eu sou o Caio o novo veterinário. Eu: Prazer Caio Caio: O prazer é todo meu. Disse ele lançando um sorriso pra mim. Aquele homem tinha alguma coisa que me encantava,é como se ele tivesse um imã que me puxasse pra ele. Caio: Então...quantos anos você tem? Eu: Eu tenho 15 Caio: Novinho ainda,eu acabei de fazer 27. Eu: Você vai ficar quanto tempo por aqui? Caio: Acho que por volta de quatro ou cinco meses. Caio: Bem...amanhã é domingo e eu tava pensando se você podia me levar pra conhecer melhor o local. Eu: Claro,vai ser um prazer. Eu: Bom...agora eu tenho que ir,vou ajudar a minha mãe à fazer o almoço. Caio: Tudo bem,daqui a pouco eu vou lá almoçar. Chegando em casa eu fui até a cozinha para ajudar a minha mãe com o almoço. Mãe: Que carinha de felicidade é essa,parece até que viu um passarinho verde. Na verdade eu não vi um passarinho verde,mas vi um gato lindo,só de lembrar do Caio eu já me sentia feliz. No horário do almoço,estávamos,Caio,eu e meus pais na mesa.Durante o tempo em que ele ficaria na fazenda Caio moraria na casa conosco. Caio: Nossa Dona Maira,o almoço tá uma delicia. Maira: Brigada meu filho,mas quem fez quase tudo hoje foi o Lucas. Caio: Você cozinha muito bem Lucas,tá de parabéns. Eu: Obrigado. Caio: Gostaria de provar mais de você,digo do seu tempero. Disse ele com um olhar malicioso. Depois do almoço eu fui para o meu quarto e deitado na minha cama eu percebi o quão diferente eu estava depois da minha primeira “menstruação“ eu ... me sentia diferente agora,não só eu estava diferente,como o meu corpo também estava diferente. No dia seguinte eu acordei cedo,tomei um banho bem tomado e ao me olhar nu diante do espelho eu notei que meu corpo estava diferente,minha bunda estava maior,o quadril mais largo e os meus mamilos apesar de masculinos,estavam bem inchadinhos e bicudos.Agora eu também sentia uma vontade louca de fazer sexo,que eu nunca tive antes. Depois do café da manhã eu e Caio fomos andar pela fazenda. Caio: Esse lugar é enorme. Eu: É mesmo...mais lá pra frente tem uma cachoeira,quer conhecer? Caio: Claro vamos. Ao chegar na cachoeira,Caio ficou maravilhado com a beleza do local. Caio: Caramba que lugar incrível. Eu: É lindo mesmo. Caio: E ai,vamos dar um mergulho Então sem nenhuma vergonha ele tirou a roupa,ficando completamente pelado e mergulhou com tudo. Caio: Mergulha logo Lukinhas. Eu fiquei meio envergonhado,mas tirei a roupa e fiquei só de sunga.Nós ficamos ali nadando e brincando e teve um determinado momento em que eu me enconstei na borda da cachoeira pra descansar e senti o Caio me abraçando por trás e o seu pau duro estava roçando a minha bunda. Eu: Para com isso Caio. Disse entre gemidos. Caio: Eu sei que você quer,você tá doido pra dar pra mim que eu sei. Enquanto ele sussurava essas coisas no meu ouvido,ele abraçava a minha cintura e beijava o meu pescoço. Ele me virou de frente pra ele e começou a beijar a minha boca,no melhor beijo que eu já dei. Eu peguei no pau dele e comecei a ...
«12»