1. Loucos Desejos -13- Louca situação


    Encontro: 06/11/2018, Categorias: Virgem, tres, Sexo, Mrpr2, Amigos, mulher, Festa, Loucos, Desejos, homem, Bi, Bissexual, Gays / Homossexual, Autor: Mrpr2, Fonte: CasadosContos

    Os dias foram passando e cada vez o clima na casa de Marcia ficava pior. O pai não se conformava com a gravidez sem casar da filha além de outros problemas familiares e conjugais com a esposa. Marcia não mudou muito talvez ate piorado super controladora, ciumenta e possessiva ainda usava a gravidez o que me deixava com muita raiva. Com todos esses problemas não demorou muito para os pais de Marcia se separarem o que fez a mãe ir com a filha para outra cidade não muito longe daqui com a filha gravida para junto de sua família o que a principio parecia algo bom se tornou um grande problema já que Marcia não se conformava em me deixar e queria que eu fosse com elas. Pensei que longe ela me daria paz, porem pelo contrario vivia ameaçando tanto sua própria vida quanto a do meu filho caso ficasse sabendo que eu estava com outra pessoa. Para piorar muita gente que eu conhecia voltou para sua cidade de origem agora formados, as festas diminuíram, muitos amigos foram se afastando por conta das rotinas e compromissos diferentes, casamentos, relacionamentos. Mauricio e Carla se mudaram por conta de uma transferência de Mauricio para outra cidade. Emílio e Diego engataram um namoro sério com a saída de Diego da clinica de reabilitação. Bruno se ajuntou com uma mulher ficando mais na dele e Ítalo nem em minha cara mais olhava dizendo que não queria mais confusão para seu lado. Sabe aquela sensação de que o mundo estava desmoronando debaixo dos seus pés e você não tem onde se segurar? Era ... essa exata a sensação que eu estava experimentando naquele momento e não via outra solução que não me afogar em bebida. Comecei a ir nos bares da cidade onde as pessoas que eu via era quem eu já tinha pegado e ou eu não queria um repeteco ou a pessoa não estava afim, as caras novas da cidade recém chegadas que estavam afim de caras mais novos que eu, o que me fazia me sentir um velho mesmo sabendo que eu estava no auge da idade e os comprometidos que não estavam afim de uma brincadeirinha com mais um no caso eu. Tudo isso me fazia enxugar varias garrafas e voltar para a casa bêbado dia após dia. Eu estava sentado em um bar quando de repente sinto uma mão tocar em meu ombro e uma voz conhecida dizer meu nome: _ E ai Beto, como esta cara? _ Cada dia melhor! Respondi a Diego com a voz meio mole devido a bebida. _ Não acha que esta exagerando na bebida cara? _ Você é minha mãe ou fiscal da lei seca? _ Nenhum dos dois Beto, apenas estou te dando um toque de amigo porque já estive nesta mesma situação antes... _ Serio? Não me lembro de você ter engravidado uma doida controladora metida a suicida, largado pelo cara que se apaixonou por ser um frouxo que não quer se envolver e sem conseguir uma tranza decente que não tenha que envolver dinheiro coisa que me nego a fazer a não ser que o beneficiário do dinheiro seja eu. _ Motivos diferentes, mas eu cheguei ao fundo do poço comecei exatamente como você na bebida logo fui apresentado a outras coisas e quando eu percebi eu não tinha mais ...
«12»