1. Amiga deliciosa


    Encontro: 31/10/2018, Categorias: Amigas, Lésbicas, Lésbicas, Gays / Homossexual, Autor: Raphaela, Fonte: CasadosContos

    Oi amiga, não estou muito bem, briguei com o Marcos, estou tão triste... Como boa amiga que sou, me ofereci para conversar, já passava das 22:30, tinha alunos bem de manhãzinha no dia seguinte, sinceramente eu me ofereci porque imaginei que ela não fosse querer. Ai amiga por favor, vem pra cá então, já estou te esperando. Disse ela com aquela vozinha manhosa que só ela sabe fazer. Ok, vou tirar o carro e já estou indo. A Daniela é maravilhosa, parece artista, 24 anos, loira natural, rosto meigo, corpão malhado, seios fartos siliconada, sorriso lindo, pernão, bundão, cinturinha fina, extremamente educada e atenciosa com todos, eu tenho 27 anos, 1,62, pele clarinha, cabelos longos preto, bumbum grande e empinado, barriga chapada, perna grossa, seios médios, cintura fina. Ela me recebeu com um pijama rosa, curtinho e um sorriso enorme no rosto. Nem parece que você tá mal, parece ótima! Estou bem sim, pedi para você vim porque estou com saudades e queria muito que você me falasse qual biquini fica melhor em mim, só acredito em você. -Nesse momento fiquei um pouco irritada, pensei que ela tivesse realmente precisando conversar, mas já estava la mesmo, procurei não demonstrar minha irritação. Fomos ao seu quarto, todos na casa dela pareciam estar dormindo, Dani fechou a porta e começou mostrar alguns vestidos novos até que tive que cortar ela: Amiga, amanhã acordo muito cedo, não enrola. Ai calma, olha, são esses. Vai com azul que vai valorizar mais sua pele. Ai amiga, não é ... assim, eu vou por e você me fala qual fica melhor no corpo, o que marca menos o culote... Você não tem culote, mas vamos logo com isso, põe logo para eu ver. Já tinha visto a Dani nua várias vezes, inclusive ate parte da bucetinha eu já tinha visto, quando ela foi mostrar a marca da pinta que ela tirou na virilha, ela as vezes esquece que sou lésbica ou faz para me provocar. Ela tirou a regatinha do pijama e aqueles seios enormes saltaram na minha frente, eu procurava agir naturalmente, olhando só para o rosto dela. Que que foi? Não precisa ficar sem graça. Não estou sem graça. -Ela adora me ver sem graça, sempre que podia fazia brincadeiras que me deixavam com vergonha. Tá sim, tá vermelha. Dani eu to com sono, anda. Ela tira o shortinho e joga em mim, que cheiro maravilhoso, ela colocou o biquini azul e começou desfilar pelo quarto. Perfeito, esse mesmo Dani! Calma, vou provar o outro. Esse laranja ficou ótimo também, mas prefiro o azul. Ah Dani, gostei mais desse aqui, olha como meu bumbum fica mais bonito com esse. -Nesse momento Rafa empina aquele rabo maravilhoso bem na minha cara. Oh Dani, você tá de sacanagem comigo né. Ela se virou: Credo por quê? Você esquece sou lésbica ne? Me tira de casa essas horas da noite, pra ficar pelada na minha frente e jogando bunda na minha cara? Ela caiu na risada: Sabe que eu esqueço mesmo amiga. Fiz uma cara de brava, ela sentou no meu colo me abraçando e deu um beijo estralado no meu rosto: Minha braveza, amo você ranzinza. Nesse momento, ...
«123»